Construção coletiva de conhecimentos e manejos agroecológicos promotores da saúde do solo

Autores

  • Elisa Vieira Wandelli Embrapa Amazônia Ocidental e Rede Maniva de Agroecologia do Amazonas
  • Acacia Lima Neves INCRA
  • Mariana Semeghini Instituto de Pesquisas Ecológicas - IPE
  • Katell Uguen UEA/NEA
  • Marcio Arthur Menezes
  • Silas Garcia Sousa Embrapa Amazônia Ocidental

Resumo

O entendimento dos processos de construção da saúde dos solos amazônidas, considerados em sua grande maioria como mineralogicamente pobres, é uma das formas dos agricultores se tornarem soberanos em relação a insumos externos, químicos e dispendiosos, valorizar seus conhecimentos populares e construir a base necessária para a implantação ou otimização de qualquer sistema produtivo. Neste contexto, faz-se necessário produzir, resgatar, sistematizar e integrar conhecimentos científicos e populares sobre manejos agroecológicos que promovam a construção e a manutenção do solo e sobre indicadores da saúde do solo. Este trabalho visa apresentar as metodologias participativas utilizadas pelo Projeto Ajuri Agroflorestal da EMBRAPA Amazônia Ocidental em conjunto com os parceiros da Rede Maniva de Agroecologia para apropriar os agricultores da Associação de Produtores Orgânicos do Amazonas (APOAM) de conhecimentos e manejos agroecológicos de construção da saúde do solo amazônida.

Biografia do Autor

Elisa Vieira Wandelli, Embrapa Amazônia Ocidental e Rede Maniva de Agroecologia do Amazonas

Bióloga da Embrapa Amazonia Ocidental, que atua na área de sistemas agroflorestais, recuperação de áreas degradadas, conservação dos recursos naturais de comunidades rurais. Doutora em Ecologia

Downloads

Publicado

2016-05-20

Edição

Seção

IX CBA-Agroecologia / Relatos de Experiências

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>