Diagnóstico do uso de Cisternas de Placa para captação de água de chuva no Assentamento Taquaral: Resultados Preliminares.

Autores

  • Valdinei da CONCEIÇÃO Graduado em Ciências Biológicas e bolsista ATP da UFMS – Campus Pantanal.
  • Ana Maria dos Santos SILVA 1 Graduada em Geografia e bolsista ATP da UFMS, Campus Pantanal, Corumbá, MS
  • Vito Galantini Cavalcante BRASIL UFGD Acadêmico Gestão Ambiental, Estagiário da Embrapa Pantanal, MS
  • Alberto Feiden Centro Nacional de Pesquisa do Pantanal da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
  • Aurélio Vinicius BORSATO Centro Nacional de Pesquisa do Pantanal da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária.

Resumo

O presente estudo objetivou fazer a avaliação do uso das cisternas de placas construídas no assentamento Taquaral em Corumbá MS pela CPT e BID, em 16 propriedades, sete (7) cisternas construídas pela CPT em sistema educativo e nove (9) cisternas construídas em projeto de grande porte financiado pelo BID. Foram avaliadas as formas de uso das cisternas pelos dois grupos de agricultores utilizando questionário semiestruturado com perguntas abertas e fechadas. Os resultados mostraram que os agricultores não têm estratégias claras de convivência com a seca, embora vários adotem tecnologias que poderiam ser massificadas. Observou-se que 70% agricultores que construíram a cisternas no sistema educativo a utilizam para os fins inicialmente propostos, enquanto que 70% dos agricultores do segundo grupo a utilizam como reservatório para agua salobra, o que não era o objetivo inicial.

Biografia do Autor

Alberto Feiden, Centro Nacional de Pesquisa do Pantanal da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária

Graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal do Paraná (1981) , mestrado em Ciências do Solo pela Universidade Federal do Paraná (1991) e doutorado em Agronomia (Ciências do Solo) pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (1999) . Atualmente é Pesquisador A da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, na área de Agroecologia. Tem experiência na área de Agronomia , com ênfase em Ciência do Solo. Atuando principalmente nos seguintes temas: Agroecologia e Agricultura Orgânica, Transição Agroecológica, Adubos Verdes, pesquisa Participativa e Agricultura Familiar.

Referências

CAMPOLIN, A. I.; FEIDEN, A.; LISITA, F. O.; COSTA, M. dos S. Caracterização do sistema de olericultura para transição agroecológica: potencial para geração de renda e segurança alimentar em assentamentos da reforma agrária no Pantanal. Cadernos de Agroecologia, v 5 n 1, 2010.

Downloads

Publicado

2016-05-15

Edição

Seção

IX CBA 2. Estratégias de Desenvolvimento Socioeconômico.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 6 7 8 > >>