Sistema Agroflorestal como alternativa de produção e geração de renda na agricultura familiar

Autores

  • Lírio José Reichert Embrapa Clima Temperado
  • Joel Henrique Cardoso Embrapa Clima Temperado
  • Luana Kerstner Schiavon Estudante

Resumo

O desenvolvimento de sistemas agroflorestais - SAFs no contexto da agricultura familiar avança na medida em que ocorre uma boa interação entre o conhecimento local, a pesquisa e a extensão promovendo o intercâmbio de conhecimentos para melhor entender a dinâmica e a funcionalidade do sistema e seus componentes. Vários são os benefícios que um SAF trás para a propriedade, entre eles, a otimização do uso da terra - conciliando a produção florestal com a produção de alimentos - proteção dos solos, redução do escoamento superficial da água, da perda de nutrientes e aumento da eficiência de uso da água entre outros. O objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento e a interação ambiental, social e econômica de um SAF em uma pequena propriedade rural no município de Pelotas, com três anos de implantação. A família desenvolve a agricultura no sistema de base ecológica e promove práticas de proteção dos recursos naturais. Nesta trajetória, práticas e sistemas agroflorestais tem permitido evoluir para a sustentabilidade ambiental e econômica. O presente estudo prevê a sistematização de alguns aspectos desta experiência de SAF, com destaque para a questão econômica que será explorada a partir de alguns registros da renda bruta obtida pela família nos primeiros anos de implantação do SAF.

Biografia do Autor

Lírio José Reichert, Embrapa Clima Temperado

Pesquisador em Agroecologia

Joel Henrique Cardoso, Embrapa Clima Temperado

Pesquisador em Agroecologia

Luana Kerstner Schiavon, Estudante

Estudante e agricultora

Referências

CARDOSO, Joel Henrique. Conservação da sociobiodiversidade por meio de SAFs biodiversos e complexos. Disponível em: http://www.slowfoodbrasil.com. Acesso em: 16 out 2012

COELHO, G. C. Sistemas Agroflorestais. 1ª ed. Editora Rima, 2012. 184p

MACEDO, R. L. G.; VENTURIN, N.; TSUKAMOTO FILHO, A. A. 2000. Princípios básicos para o manejo sustentável de sistemas agroflorestais. Lavras:UFLA/FAEPE.

VAZ, P. Sistemas agroflorestais como opção de manejo para microbacias. Informe agropecuário. 2000. v.21 (207) 75-81p.

Downloads

Publicado

2016-05-15

Edição

Seção

IX CBA 2. Estratégias de Desenvolvimento Socioeconômico.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>