Percepção dos impactos da dendeicultura pelos agricultores familiares do município de Concórdia do Pará

Autores

  • Suellem do Carmo Silva Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA
  • Ruth Helena Cristo Almeida
  • Priscila Raquel dos Santos Miranda

Resumo

Este trabalho tem por objetivo analisar os impactos da dendeicultura percebidos pelos agricultores familiares que cultivam dendê no Município de Concórdia do Pará, por meio da análise ao Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel (PNPB) frente a uma política que propõe inclusão social. A metodologia empregada constou de levantamento bibliográfico, seguida de pesquisa de campo em comunidades locais, por meio da aplicação de questionários aos agricultores familiares. Observou-se os impactos percebidos pelos agricultores, como: descampesinização, riscos à segurança alimentar, geração de emprego e renda, queda na produção e comercialização de alimentos. É possível concluir que, para se alcançar o desenvolvimento local proposto pelo PNPB, é necessária uma maior articulação dos grupos envolvidos na cadeia, além de um monitoramento da esfera pública no cumprimento das diretrizes atinentes ao Programa.

Biografia do Autor

Suellem do Carmo Silva, Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA

Este trabalho tem por objetivo analisar os impactos da dendeicultura percebidos pelos agricultores familiares que cultivam dendê no Município de Concórdia do Pará, por meio da análise ao Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel (PNPB) frente a uma política que propõe inclusão social. A metodologia empregada constou de levantamento bibliográfico, seguida de pesquisa de campo em comunidades locais, por meio da aplicação de questionários aos agricultores familiares. Observou-se os impactos percebidos pelos agricultores, como: descampesinização, riscos à segurança alimentar, geração de emprego e renda, queda na produção e comercialização de alimentos. É possível concluir que, para se alcançar o desenvolvimento local proposto pelo PNPB, é necessária uma maior articulação dos grupos envolvidos na cadeia, além de um monitoramento da esfera pública no cumprimento das diretrizes atinentes ao Programa.

Downloads

Publicado

2016-05-15

Edição

Seção

IX CBA 1. Sócio biodiversidade e Território.