Saberes tradicionais sobre as formas de armazenamento de sementes crioulas conservadas on farm na região oeste de Santa Catarina

Autores

  • Inês Claudete Burg UFFS
  • Tassiane T. Pinto UFSC
  • Rosenilda de Souza UFSC
  • Wagner dos S. Oliveira UFSC
  • Gabriel M. B. Gonçalves UFSC
  • Juliana B. Ogliari UFSC

Resumo

Agricultores familiares armazenam suas sementes crioulas para safra seguinte, seguindo os conhecimentos passados de geração a geração. Para acondicionar estas sementes utilizam recipientes que podem influenciar na conservação e na qualidade das sementes. A presente pesquisa objetivou conhecer as diferentes formas de armazenamento de grãos e sementes de variedades crioulas de milho (comum, doce e pipoca) e de arroz de sequeiro, por meio de entrevistas realizadas com agricultores dos municípios de Anchieta, Guaraciaba e Novo Horizonte. Os resultados demonstraram que as sementes de milho são armazenadas principalmente em garrafas pet, enquanto as sementes de arroz são armazenadas em caixas de madeira. O tipo de armazenamento não foi citado pelos agricultores entrevistados como uma das causas de perda de sementes. A partir das indicações dos agricultores é possível afirmar que as formas de armazenamento utilizadas são consideradas viáveis no âmbito da agricultura familiar.

Biografia do Autor

Tassiane T. Pinto, UFSC

Programa de Pos Graduação em Recursos Geneticos Vegetais

Rosenilda de Souza, UFSC

Programa de Pos Graduação em Recursos Geneticos Vegetais

Wagner dos S. Oliveira, UFSC

Programa de Pos Graduação em Recursos Geneticos Vegetais

Gabriel M. B. Gonçalves, UFSC

Programa de Pos Graduação em Recursos Geneticos Vegetais

Juliana B. Ogliari, UFSC

Programa de Pos Graduação em Recursos Geneticos Vegetais

Referências

ANTONELLO, L. et al. Qualidade de sementes de milho armazenadas em diferentes embalagens. Ciência Rural, v.39, n.7, 2009.

ARAÚJO, S. L. et al. Guardiões e guardiãs da agrobiodiversidade nas regiões do Cariri, Curimataú e Seridó Paraibano, Cadernos de Agroecologia, v.8, n.2, 2013.

BASUNIA, M. A.; ABE, T. Thin-layer solar drying characteristics of rough rice under natural convection. Journal of food engineering, v. 47, n. 4, 2001.

CAMARGO, R.; CARVALHO, M. Armazenamento a vácuo de semente de milho doce. Revista Brasileira de Sementes, v.30, n.1, 2008.

CANCI, I. Relações dos sistemas informais de conhecimento no manejo da agrobiodiversidade no Oeste de Santa Catarina. 204 p. Dissertação (Mestrado em Recursos Genéticos Vegetais). Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, 2006.

GUENHA, R. et al. Hermetic storage with plastic sealing to reduce insect infestation and secure paddy seed quality: A powerful strategy for rice farmers in Mozambique. Journal of Stored Products Research, v. 59, 2014.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Produção Agrícola Municipal: 2010. Disponível em: http://cidades.ibge.gov.br/xtras/home.php. Acesso: 12/03/2014.

NUÑEZ, P.B.P.; BAUDET, L. M. L. Armazenamento de sementes. In: PESKE, S. T et al. Sementes: fundamentos científicos e tecnológicos. 3. ed. Pelotas: UFPel, 2012.

OGLIARI J. B.; KIST, V.; CANCI, A. The participatory genetic enhancement of a local maize variety in Brazil. In: de BOEF W. S.; SUBEDI, A.; PERONI, N.; THIJSSEN, M.; O’KEEFFE, E. (eds). Community biodiversity management, promoting resilience and the conservation of plant genetic resources. Routledge, Oxon, Ed. 1, p. 265-271, 2013.

OLIVEIRA, A. C. S.; COELHO, F. C.; VIEIRA, H. D. Qualidade de Sementes de Milho Armazenadas em Embalagens Alternativas. Resumos do VI CBA e II CLAA, Revista Brasileira de Agroecologia, v.4, n.2, 2009.

RANALLI, R. P.; HOWELL JR, T. A.; SIEBENMORGEN, T. J. Effects of controlled ambient aeration on rice quality during on-farm storage. Cereal chemistry, v.80, n.1, 2003.

SANAZARIO, A. C. et al. Armazenamento de sementes de milho em recipientes reutilizáveis. Revista Brasileira de Agroecologia, v. 4, n.2, 2009.

SILVA, F. S. et al. Viabilidade do armazenamento de sementes em diferentes embalagens para pequenas propriedades rurais. Revista de Ciências Agro-Ambientais, v.8, n.1, 2010.

VOGT, G. A. A dinâmica do uso e manejo de variedades locais de milho em propriedades agrícolas familiares. 116 p. Dissertação (Mestrado em Recursos Genéticos Vegetais). Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis. 2005.

Downloads

Publicado

2016-05-16

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)