A feira orgânica: um espaço de troca de conhecimento sobre soberania alimentar e construção do bem viver. Uma experiência em Manaus-AM

Autores

  • Katell Uguen Universidade do Estado do Amazonas

Resumo

O presente relato apresenta a experiência desenvolvida por estudantes universitários em um projeto de extensão em colaboração com uma rede de agroecologia numa feira orgânica em Manaus. O objetivo foi propor atividades e dinâmicas para realizar uma divulgação científica sobre aspectos ecológicos, nutricionais dos produtos orgânicos. O trabalho deu enfoque nos produtos amazônicos e plantas alimentícias não convencionais são mais rústicas e interessantes do ponto de vista nutricional embora não sejam ainda muito conhecidas pelo público em geral. Foi implantado um painel de divulgação e foram realizadas degustações de produtos preparados com produtos vendidos na feira. Os resultados das ações propostas foram muito positivos, pois foram capazes de promover troca de conhecimento, abrindo novas perspectivas de conhecimento e ações. Percebeu-se com esta experiência quanto a interação com produtos alimentícios é fundamental para a divulgação científica e troca de experiências.

Biografia do Autor

Katell Uguen, Universidade do Estado do Amazonas

Engenheira agrônoma, Doutora em engenharia florestal Coordenadora do Núcleo de Estudos em Agroecologia da Universidade do Estado do Amazonas NEA-AM

Referências

KINUPP, V.F.; LORENZI, H. Plantas alimentícias não convencionais no Brasil. São Paulo: Ed. Plantarum, 2014. 768p.

SHANLEY, P.; MEDINA, G. Frutíferas e Plantas Úteis na Vida Amazônica. Belém: Imazon. 2005. 300p.

Downloads

Publicado

2016-05-20

Edição

Seção

IX CBA-Agroecologia / Relatos de Experiências

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)