Produtividade da alface por intermédio da associação de diferentes cultivares: cultivo em mosaico.

Autores

  • Sthefani Gonçalves de Oliveira Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) - UNESP/Campus de Botucatu, São Paulo.
  • Isabel Susana dos Santos Leal
  • Filipe Pereira Giardini Bonfim
  • Fábio Lopes Souza Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) - UNESP/Campus de Botucatu, São Paulo.
  • Lucas Doiti de Almeida Matsura Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) - UNESP/Campus de Botucatu, São Paulo.

Resumo

O objetivo do trabalho foi avaliar a entomofauna, levantamento fitossociológico das plantas espontâneas e a produtividade do cultivo em mosaico de quatro variedades de Alface (Lactuca sativa L.). O experimento foi realizado na Fazenda Experimental São Manuel da FCA-UNESP/Campus de Botucatu. Foi utilizado o delineamento em blocos casualizados, com 8 tratamentos e 5 blocos. Os tratamentos consistiram na combinação dos sistemas de cultivos, solteiro e consorciado entre as cultivares, no qual selecionou-se as cultivares de alface por grupos de cor e textura, (Mimosa verde: lisa/verde; Marisa: crespa/verde; Mimosa roxa: lisa/roxo e Pira Roxa: crespa/roxa). Através dos dados obtidos, pode-se concluir que a cor, mais que a textura para o mosaico, foi o parâmetro determinante dos resultados, visto que as plantas de cores verdes, tanto em consórcio e solteiro obtiveram resultados melhores que as plantas de cores roxas.

Biografia do Autor

Sthefani Gonçalves de Oliveira, Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) - UNESP/Campus de Botucatu, São Paulo.

Doutoranda em Agronomia/Horticultura pela UNESP - Campus Botucatu. Mestre em Agronomia/Horticultura pela UNESP - Campus Botucatu. Bacharela em Agroecologia pelo IF Sudeste MG - Campus Rio Pomba

Isabel Susana dos Santos Leal

Graduanda em agronomia na Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) - UNESP/Campus de Botucatu, São Paulo.

Filipe Pereira Giardini Bonfim

Prof. Dr. do Departamento de Horticultura da Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) - UNESP/Campus de Botucatu, São Paulo.

Fábio Lopes Souza, Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) - UNESP/Campus de Botucatu, São Paulo.

Graduando em agronomia na Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) - UNESP/Campus de Botucatu, São Paulo.

Lucas Doiti de Almeida Matsura, Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) - UNESP/Campus de Botucatu, São Paulo.

Graduando em agronomia na Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) - UNESP/Campus de Botucatu, São Paulo.

Referências

BLANCO, H. G. Período de competição produzido por uma comunidade natural de ervas dicotiledôneas em uma cultura de alface (Lactuca sativa L.). Arquivos do Instituto Biológico, São Paulo, SP, v. 49, n. 9/10, p. 247 – 252, 1983.

BRAUN-BLANQUET, J.; BOLÒS, O. de. Fitosociología: bases para el estudio de las comunidades vegetales. Madrid: H. Blume, 1979. 820p.

COSTA, C. P.; SALA, F. C. A evolução da alfacicultura brasileira. Horticultura Brasileira, Brasília, DF, v. 23, n. 1, 2005.

ERASMO, E.A.L.; PINHEIRO, L.L.A.; COSTA, N.V. Levantamento fitossociológico das comunidades de plantas infestantes e áreas de produção de arroz irrigado cultivado sob diferentes sistemas de manejo. Planta Daninha, v.22, p.195-201, 2004.

Downloads

Publicado

2016-05-15

Edição

Seção

IX CBA 3. Sistemas de Produção Agroecológica.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)