Perfil dos comerciantes de hortaliças agroecológicas em Petrolina-PE

Autores

  • Raphaela Aguiar de Castro UNIVASF
  • Izaias da Silva Lima Neto
  • Ícaro Fernandes Souza
  • Wilson Escóssio Ferreira Filho

Resumo

Poucos estudos retratam o perfil social dos comerciantes de olerícolas orgânicas, que auxiliariam, por exemplo, como subsídio para o desenvolvimento de políticas públicas de fomento à produção agroecológica, especialmente o elo de comercialização. Assim, o objetivo do presente trabalho foi identificar e avaliar o perfil dos comerciantes de hortaliças agroecológicas em Petrolina, PE. Os dados requeridos foram obtidos através da aplicação de questionário semiestruturado a comerciantes de feiras livres e hortifruti. Observou-se que 81,8% dos comerciantes entrevistados são também produtores, destes 54,54% são mulheres. Dentre a faixa etária dos comerciantes, observou-se a maior percentagem entre 49 e 58 anos. Para o nível de escolaridade verificou-se a maioria apresentando entre o ensino fundamental ou médio completos. Assim, nos sistemas de comercialização de hortaliças agroecológicas em Petrolina-PE predominam-se mulheres que produzem as suas próprias hortaliças. A escolaridade indica a necessidade programas de incentivo na melhoria do mesmo.

Referências

ALMEIDA, M. V. R.; OLIVEIRA, T. S.; BEZERRA, A. M. E. Biodiversidade em sistemas agroecológicos no município de Choró, CE, Brasil. Ciência Rural, Santa Maria, v.39, n.4, p.1080-1087, mar. 2009.

AMORIN, M. J. P. Espaços Femininos: gênero e identidade em comunidades rurais na Amazônia. In: ÁLVARES, M.L.M.; SANTOS, E.F (Org.). Desafios de Identidade: Espaço-Tempo de Mulher. Belém: CEJUP: GEPEM REDOR, 1997. 499 p.

BRANDÃO, A. A. Produção e comercialização de hortaliças em feiras livres na microrregião de Januária. Dissertação (mestrado em Ciências Agrárias), Universidade Federal de Minas Gerais, Monte Carlos. 2012. 30 p.

COELHO, K. S. Perfil do consumidor de hortaliças frescas e processadas no município de Campos dos Goytacazes – RJ. Tese (Doutorado em Produção Vegetal), Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro. 2007. 8 p.

DAROLT, M. R. Circuitos curtos de comercialização de alimentos ecológicos: reconectando produtores e consumidores. IN: NIEDERLE; P.A. ALMEIDA; L.; VEZZANI, F.M.. (Org.). Agroecologia: práticas, mercados e políticas para uma nova agricultura. Curitiba: Kairós, 2013, p. 139-170.

FARFAN, S. J. A. Diagnóstico de hortas comunitárias no dipolo Juazeiro – BA e Petrolina – PE: perfil e demandas de pesquisas. Dissertação (Mestrado em Horticultura Irrigada), Universidade do Estado da Bahia, Juazeiro, BA. 2008. 117p.

SOUZA, R. A. M., SILVA, R. O. P., MANDELLI, C. S., TASCO, A. M. P. Comercialização Hortícola: Análise de alguns setores do mercado varejista de São Paulo. Informações Econômicas, São Paulo, v. 28, n. 10, p. 33-36, 1998.

Downloads

Publicado

2016-05-15

Edição

Seção

IX CBA 2. Estratégias de Desenvolvimento Socioeconômico.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)