Tingimento natural: Alternativa ecológica no aproveitamento de escamas de peixes.

Autores

  • Mariana Cristina Mourão Veiga Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE
  • Josilene Rodrigues Moura Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE
  • Weruska de Melo Costa Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE
  • Juliana Maria Aderaldo Vidal Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE
  • Maria Alice Vasconcelos Rocha Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE

Resumo

Este trabalho demonstrou como os extratos vegetais atuam na coloração e na fixação da cor em escamas de peixe utilizadas por comunidades de pescadoras na produção de artesanato. O método de investigação adotado foi a pesquisa laboratorial, a partir de diferentes concentrações de chás. As oficinas possibilitaram o uso dos materiais para a produção, das técnicas artesanais e da relação local, evidenciando o potencial para se promover a sustentabilidade ambiental e a geração de renda. Os resultados demonstraram que a intervenção do design na produção artesanal valoriza a riqueza dos resíduos pesqueiros. As flores de escamas tingidas foram aplicadas ao artesanato e inseridas no contexto local. Sendo assim, a comunidade poderá adquirir visibilidade e incorporação de uma nova atividade em sua cultura.

Biografia do Autor

Mariana Cristina Mourão Veiga, Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE

Graduanda do curso de Licenciatura em Ciências Agrícolas.

Weruska de Melo Costa, Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE

Departamento de Ciências Biológicas da UFRPE

Juliana Maria Aderaldo Vidal, Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE

Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE Unidade Acadêmica de Serra Talhada - UAST Engenheira de Pesca

Referências

DIAS-NETO, J.; DORNELLES, L. C. C. Diagnóstico da pesca marítima do Brasil. Coleção Meio Ambiente. Série Estudos Pesca, 20. Ibama, Brasília. p165. 1996.

SANTOS, G; et al. Beneficiamento de escamas de pescado do Mercado de São José, Recife-Pernambuco. In: AQUACIENCIA, Palmas. Anais... Palmas: UFRPE, p. 01.2012.

SEBRAE. Diagnóstico dos Resíduos da Pesca e Aquicultura do Espírito Santo. Brasil: Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, p. 16-19.2010.

Downloads

Publicado

2016-05-15

Edição

Seção

IX CBA 3. Sistemas de Produção Agroecológica.