Araruta: planta alimentícia não convencional em sistema agroecológico

Autores

  • Anne Caroline Bezerra dos Santos Universidade Estadual do Maranhão
  • Elimilton Pereira Brasil Universidade Estadual do Maranhão
  • Ricardo Ferreira Eloi Universidade Estadual do Maranhão.
  • Daniel Gusmão Universidade Estadual do Maranhão.
  • Werly Barbosa Soeiro Universidade Estadual do Maranhão.
  • Josilda Junqueira Ayres Gomes Universidade Estadual do Maranhão.

Palavras-chave:

organic fertilization, root, Maranta arundinacea L.

Resumo

O cultivo e o consumo de hortaliças frescas têm diminuído em diversas regiões do país, verificando-se mudanças significativas no padrão alimentar dos brasileiros e perdas de características culturais e identidade com o consumo de alimentos locais e regionais. A araruta (Maranta arundinacea L), da família Amarantaceae é uma erva cuja raiz tem fécula branca que é alimentícia. Este trabalho teve como objetivo apresentar a experiência do cultivo e multiplicação da araruta em sistema agroecológico. Experiência realizada na Fazenda Escola São Luís/UEMA, cultivo 2013/2014, em canteiros, adubação com fosfato de rocha natural, esterco bovino e cinza vegetal, no espaçamento 1,0 m X 0,5 m. Os resultados obtidos foram experiências proporcionando aos alunos uma oportunidade para escrita de relatórios, artigos e participação em eventos, e obtenção de mudas para doação de propágulos para fins de trabalho em extensão da Universidade Estadual do Maranhão.

Biografia do Autor

Anne Caroline Bezerra dos Santos, Universidade Estadual do Maranhão

Graduanda do curso de Engenharia Agronômica na Universidade Estadual do Maranhão, bolsista da Fapema.

Elimilton Pereira Brasil, Universidade Estadual do Maranhão

Graduando do curso de Engenharia Agronômica na Universidade Estadual do Maranhão, bolsista da Capes.

Ricardo Ferreira Eloi, Universidade Estadual do Maranhão.

Graduando do curso de Engenharia Agronômica na Universidade Estadual do Maranhão.

Daniel Gusmão, Universidade Estadual do Maranhão.

Graduando do curso de Engenharia Agronômica na Universidade Estadual do Maranhão.

Werly Barbosa Soeiro, Universidade Estadual do Maranhão.

Graduando do curso de Engenharia Agronômica na Universidade Estadual do Maranhão.

Josilda Junqueira Ayres Gomes, Universidade Estadual do Maranhão.

Professora Doutora do curso de Engenharia Agronômica na Universidade Estadual do Maranhão.

Referências

BRASIL, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA, Manual de hortaliças não convencionais. 2010. 54p. Disponível em: http://www.agricultura.gov.br/arq_editor/file/vegetal/Qualidade/Qualidade%20dos%20Alimentos/manual%20hortali%C3%A7as_WEB_F.pdf - acesso em: 23 de mar. 2015.

Downloads

Publicado

2016-05-18

Edição

Seção

IX CBA-Agroecologia / Relatos de Experiências

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)