Levantamento preliminar de plantas com potencial forrageiro utilizando adaptação do método de lista livre com criadores de gado da Reserva Amanã

Autores

  • Paula de Carvalho Machado Araujo Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá http://orcid.org/0000-0002-1962-5188
  • Ana Carolina Barbosa de Lima Indiana University
  • Jacson Rodrigues da Silva Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá
  • Fábio Paz Rocha Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá .
  • Angela May Steward Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá.
  • Robert de Oliveira Macedo Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Resumo

Este estudo envolveu 12 criadores familiares de gado na Reserva Amanã com o objetivo de realizar um levantamento preliminar de plantas utilizadas na alimentação do gado, caracterizando-as quanto ao ambiente em que são encontradas e à aceitabilidade pelos animais. O método foi uma adaptação da “Lista Livre”, complementando-a com uma lista auxiliar. O resultado final foi de 81 nomes diferentes de plantas, não sendo possível correlacionar os resultados da lista livre com o perfil do criador (idade, tempo em que vive no Amanã, escolaridade, tempo de criação e se os pais criavam gado ou não). O mesmo resultado foi encontrado com o uso da lista auxiliar. A adaptação do método foi relevante para a realização de levantamento preliminar, pois contribuiu para aumentar o número de plantas citadas e avaliadas, sem alterar significativamente a correlação com o perfil dos criadores, mostrando que qualquer criador foi capaz de avaliar de forma quantitativa as plantas com potencial forrageiro.

Biografia do Autor

Paula de Carvalho Machado Araujo, Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá

Veterinária do Programa de Manejo de Agroecossistemas do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá e mestranda em Agricultura Orgânica pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Ana Carolina Barbosa de Lima, Indiana University

Doutoranda do Programa de Antropologia da Alimentação pela Indiana University.

Jacson Rodrigues da Silva, Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá

Técnico Agrícola do Programa de Manejo de Agroecossistemas do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá e graduando em Licenciatura em Ciências Agrárias pela Universidade Federal do Amazonas.

Fábio Paz Rocha, Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá .

Técnico Florestal do Programa de Manejo de Agroecossistemas do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá.

Angela May Steward, Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá.

Pesquisadora do Grupo de Pesquisa Agricultura Amazônica, Biodiversidade, Manejo Sustentável do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá.

Robert de Oliveira Macedo, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Professor Adjunto da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Referências

ALBUQUERQUE, U. P. de; LUCENA, R. F. P. de; CUNHA, L. V. F. C. da. (Orgs.). Métodos e técnicas na pesquisa etnobiológica e etnoecológica. Recife, PE: NUPPEA, 2010.

Downloads

Publicado

2016-05-17

Edição

Seção

IX CBA 8. Biodiversidade e Bens Comuns.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)