Riqueza de plantas dos quintais agroflorestais da comunidade Maneta, Irituia, nordeste do Pará.

Autores

  • Neyla Thayna Lima Universidade Federal Rural da Amazônia

Resumo

Resumo: O trabalho teve como objetivo realizar um levantamento das espécies vegetais, e da importância socioeconômica dos quintais agroflorestais da comunidade Maneta, Município de Irituia. A comunidade é composta por 35 unidades familiares. Aleatoriamente, o levantamento de dados foi realizado com 20 unidades familiares variando de 01 a 07 componentes, onde se aplicou questionário com perguntas abertas e fechadas. Verificou-se que em 55% das famílias entrevistadas, a atividade de manejo do quintal é realizada, pelo casal, em 20% é feita pelo homem, 20% feita por todos da família e em apenas 5% é realizado somente pela mulher. As espécies mais frequentes são as frutíferas com destaque o açaí, presente em 100% dos quintais visitados. Os quintais agroflorestais fornecem segurança alimentar aos agricultores da comunidade, pois o destino principal dos produtos é o consumo familiar, devido a diversidade de espécies e obtenção dos produtos durante todo o ano.

Biografia do Autor

Neyla Thayna Lima, Universidade Federal Rural da Amazônia

Sócio biodiversidade e Território

Downloads

Publicado

2016-05-17

Edição

Seção

IX CBA 8. Biodiversidade e Bens Comuns.