Relato da obtenção do material de propagação vegetal orgânico do Norte Pioneiro

Autores

  • Rogério Barbosa Macedo Universidade Estadual do Norte do Paraná.
  • Larissa Vinis Correia Universidade Estadual do Norte do Paraná.
  • Victor Hugo Kovaski Shimitt Universidade Estadual do Norte do Paraná.
  • Flávia Regina Moreira Fernandes Universidade Estadual do Norte do Paraná.
  • Gizele Spigolon Figueiredo Universidade Estadual do Norte do Paraná http://orcid.org/0000-0002-7942-3297
  • Solange Fávero de Lima Medeiros Universidade Estadual do Norte do Paraná.

Resumo

A produção orgânica é garantida ao consumidor por meio de um processo de certificação de seus produtos. O PPCPO, como uma das ações do NEAT, contribui com tal processo no Norte Pioneiro do Paraná, mobilizando os agricultores familiares e fazendo o monitoramento de suas produções, para que posteriormente possam ser auditados e certificados pelo TECPAR. No período em que este trabalho tem sido realizado, um dos entraves da certificação tem sido a obtenção do material de propagação vegetal orgânico, pois em consonância à Instrução Normativa nº 64, as sementes e mudas devem ser procedentes de sistemas orgânicos, com exceção à indisponibilidade destas, seu uso e produção convencional poderão ser empregadas sem a aplicação de insumos e agrotóxicos. Até o momento, o PPCPO atendeu 79 propriedades familiares com produção vegetal, destas 30 foram certificadas e 49 aguardam certificação.

Biografia do Autor

Rogério Barbosa Macedo, Universidade Estadual do Norte do Paraná.

Professor Doutor pela Universidade Estadual do Norte do Paraná e Coordenador do Núcleo de Estudos em Agroecologia e Territórios.

Larissa Vinis Correia, Universidade Estadual do Norte do Paraná.

Graduanda em Engenharia Agronômica pela Universidade Estadual do Norte do Paraná e bolsista do CNPq.

Victor Hugo Kovaski Shimitt, Universidade Estadual do Norte do Paraná.

Engenheiro Agrônomo pela Universidade Estadual do Norte do Paraná e bolsista do Programa Paranaense de Certificação de Produtos Orgânicos.

Flávia Regina Moreira Fernandes, Universidade Estadual do Norte do Paraná.

Formada em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual do Norte do Paraná; Especialista em Metodologia do Ensino Superior pela Universidade do Norte do Paraná; Psicopedagoga Clínica e Institucional pela Academia Brasileira de Ciências da Educação; Mestranda em Agronomia pela Universidade Estadual do Norte do Paraná.

Gizele Spigolon Figueiredo, Universidade Estadual do Norte do Paraná

Graduanda do curso de Engenharia Agronômica, da Universidade Estadual do Norte do Paraná.

Solange Fávero de Lima Medeiros, Universidade Estadual do Norte do Paraná.

Formada em Sistemas de Informação pela Universidade Estadual do Norte do Paraná; mestranda em Engenharia de Softwares pela UTFPR.

Referências

LEITE, C. D.; CARDOSO, F.; KAWAKAMI, J.; FAVARO, J. L; MARQUES, M. I. Perfil dos agricultores familiares atendidos pelo Programa Paranaense de Certificação de Produtos Orgânicos, Núcleo de Guarapuava. 2010. Horticultura Brasileira 28: S2677-S2683. Disponível em: <http://www.abhorticultura.com.br/eventosx/trabalhos/ev_4/a2545_t4702_comp.pdf>. Acesso em: 28 abril 2015.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Instrução Normativa nº 64, de 18 de dez. 2008. Aprova o Regulamento Técnico para os Sistemas Orgânicos de Produção Animal e Vegetal. Diário Oficial da União, Brasília, 19 de dez. de 2008, Seção 1, p. 21 - 26.

Downloads

Publicado

2016-05-18

Edição

Seção

IX CBA-Agroecologia / Relatos de Experiências

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)