Cosmovisões e agroecologia: sentir, existir e construir.

Autores

  • Roberto Tavares Lima Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • José Nunes da Silva UFRPE

Resumo

Ao reconhecer a agroecologia como um campo em construção se reconhece a necessidade de fundamentar o conhecimento agroecológico em outras bases conceituais. Para isso é importante identificar diferentes cosmovisões que explicam o mundo. Este artigo busca mergulhar neste mundo e a partir do apontamento de mitos da sociedade com a cosmovisão judaico-cristã e capitalista busca identificar outras racionalidades que expliquem e fundamentem a agroecologia. Desta forma, o conhecimento agroecológico implica em uma epistemologia em outras bases.

Biografia do Autor

Roberto Tavares Lima, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Departamento Educação Área de Educação Agrícola e Extensão Rural

José Nunes da Silva, UFRPE

Professor da UFRPE, Departamento de Educação , Núcleo de Agroecologia e Campesinato. Centro de formação em economia solidaria do Nordeste. Presidente do Sindicato dos professores da UFRPE.

Referências

ASHOGUN, Aderbal. Oku Abo Espaço Sagrado. Fundação Palmares, S/D.

SANTOS, R. O. GONÇALVES, A. G. B. ANAIS DO III ENCONTRO NACIONAL DO GT HISTÓRIA DAS RELIGIÕES E DAS RELIGIOSIDADES – ANPUH -Questões teórico-metodológicas no estudo das religiões e religiosidades. A natureza e seus significados entre os adeptos das religiões afro-brasileiras. IN: Revista Brasileira de História das Religiões. Maringá (PR) v. III, n.9, jan/2011. ISSN 1983-2859. Disponível em http://www.dhi.uem.br/gtreligiao/pub.html, consultado em 10 de março de 2015.

Martinez Alier, Joan. Introducción a La economía ecológica. Cuadernos de Medio Ambiente. Rubens. Barcelona. España. 1999.

Wallerstein, Imamanuel. Capitalismo histórico. Sistemas econômicos mundiais. Editora Brasilienses. Coleção Novos tempos. São Paulo. 1985.

Downloads

Publicado

2016-05-16

Edição

Seção

IX CBA 5. Construção do Conhecimento Agroecológico