Recursos de agrobiodiversidade vegetal em quintais agroflorestais no Ramal do Pau-rosa - Assentamento Tarumã-Mirim, na Amazônia Central

Autores

  • Danilo de Oliveira Machado Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia - INPA
  • Manoel Cursino Lopes Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia - INPA
  • Luiz Augusto Gomes de Souza Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia - INPA

Resumo

Entre os sistemas tradicionais de uso da terra na região tropical, os quintais agroflorestais formam uma importante estratégia de conservação de variabilidade genética de plantas cultivadas e são importantes fontes de alimentos para a subsistência e geração de renda no campo. O melhor entendimento da composição e uso das espécies de quintais pode contribuir para o incremento da produção e também para a proteção dos recursos genéticos cultivados. Foi realizado o levantamento da agrobiodiversidade vegetal de quintais agroflorestais ao longo do Ramal do Pau-rosa, no assentamento Tarumã-Mirim, no município de Manaus – AM. Registrou-se 129 espécies de plantas, de 49 famílias botânicas e destinadas a 7 diferentes usos. O açaí, a castanha, o coco, o cupuaçu, a laranja e a manga foram as espécies mais frequentes. A família Fabaceae apresentou maior número de espécies. Enquanto que, entre os usos, os produtos são destinados principalmente para a alimentação.

Biografia do Autor

Danilo de Oliveira Machado, Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia - INPA

Engenheiro Agrônomo (UFRRJ), atualmente é mestrando do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia - INPA.

Referências

Albuquerque, U.P.; Lucena, R.F.P.; Cunha, L.V.F.C. Métodos e técnicas na pesquisa etnobiológica e etnoecológica. Recife, NUPEEA, 2010. 184p.

APG. The Angiosperm Phylogeny Group. An update of the Angiosperm phylogeny group classification for the orders and families of flowering plants: APG III. Botanical Journal of the Linnean Society, Londres, v.161, n.2, p.105-121, out. 2009.

Kumar, B.M.; Nair, P.K.R.. The enigma of tropical homegardens. Agroforestry Systems, Dordrecht, v.61, n.1-3, p.135–152, jul. 2004.

Miller, R.P.; Penn, J.R.; Van Leeuwen, J. Amazonian homegardens: Their ethnohistory and potential contribution to agroforestry development. In: Kumar, B.M.; Nair, P.K.R. (orgs.). Tropical homegardens: A time-tested example of sustainable agroforestry. Dordrecht: Springer, 2006. p.43-60.

Salim, M.V.C. Quintais agroflorestais em área de terra-firme na Terra Indígena Kwatá-Laranjal, Amazonas. 2012. 189f. Dissertação (Mestrado), Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus, 2012.

Tropicos.org. Missouri Botanical Garden. Disponível em: <http://www.tropicos.org>. Acesso em: 20 mar. 2014.

Downloads

Publicado

2016-05-15

Edição

Seção

IX CBA 1. Sócio biodiversidade e Território.