Avaliação populacional de espécies forrageiras espontâneas da família Fabaceae com potencial de melhorar o solo em propriedades agrícolas do município de Santa Teresa-ES

Autores

  • Caroline Merlo Meneghelli Ifes campus Santa Teresa
  • Fernando Zanotti Madalon Ifes campus Santa Teresa
  • Francisco Braz Daleprane Ifes campus Santa Teresa
  • Thamires Cordeiro Soares Universidade Federal de Viçosa
  • Lusinério Prezotti Ifes campus Santa Teresa

Palavras-chave:

Adubação verde, agricultura sustentável, proteção do solo, sistemas produtivos, agroecossistemas

Resumo

O aproveitamento de espécies vegetais para melhoria ou proteção do solo ainda é prática pouco recorrente em muitas propriedades agrícolas brasileiras. Neste contexto figuram as plantas da família Fabaceae, as quais apesar de sua histórica utilização pela humanidade e dos conhecidos efeitos aos sistemas produtivos, não tem recebido o valor equivalente aos benefícios proporcionados aos agroecossistemas. Muitos agricultores ainda carecem de informações sobre questões básicas com relação às espécies, suas possibilidades e formas de uso e seus potenciais benefícios. Este trabalho objetivou a avaliação do contingente populacional de espécies forrageiras da família Fabaceae ocorrente espontaneamente nas propriedades agrícolas do município de Santa Teresa-ES, com potencial de uso no manejo do solo. Adotou-se como metodologia a coleta das plantas, avaliação do volume de nodulação das raízes e identificação das espécies, identificando-se 20 espécies em dois níveis de altitudes distintos.

Biografia do Autor

Caroline Merlo Meneghelli, Ifes campus Santa Teresa

Graduanda em Agronomia pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito - campus Santa Teresa

Fernando Zanotti Madalon, Ifes campus Santa Teresa

Graduando em Agronomia pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito - campus Santa Teresa

Francisco Braz Daleprane, Ifes campus Santa Teresa

Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito - campus Santa Teresa

Thamires Cordeiro Soares, Universidade Federal de Viçosa

Graduanda em Física pela Universidade Federal de Viçosa, UFV

Lusinério Prezotti, Ifes campus Santa Teresa

Eng. Agrônomo, Doutor em Entomologia, Professor do ensino básico, técnico e tecnológico do Departamento de Ensino do Ifes Campus Santa Teresa

Referências

SANTOS, R. H. S. et al. Adubação verde: trabalhador na olericultura básica Coleção Senar-71. Brasília. 2003.

Downloads

Publicado

2016-05-15

Edição

Seção

IX CBA 1. Sócio biodiversidade e Território.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)