Caracterização morfofisiológica de mudas de alface submetidas a diferentes substratos

Autores

  • Paulo Nogueira Barros Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano - IF SERTÃO-PE. Câmpus Petrolina Zona Rural
  • Silver Jonas Alves Farfan Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano - IF SERTÃO-PE. Câmpus Petrolina Zona Rural http://orcid.org/0000-0002-3942-8317
  • Maria Gracilda Pereira Santos Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano - IF SERTÃO-PE. Câmpus Petrolina Zona Rural
  • Italo Ramon Cavalcantes Carvalho Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano - IF SERTÃO-PE. Câmpus Petrolina Zona Rural
  • Marcos Xavier Silva Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano - IF SERTÃO-PE. Câmpus Petrolina Zona Rural

Resumo

A alface (Lactuca sativa L.), uma das folhosas mais produzidas no Brasil, se caracteriza como base da agricultura familiar devido a uma maior praticidade em seu cultivo, ciclo reprodutivo rápido. A produção de mudas é considerada uma das etapas principais e apresenta-se como uma alternativa viável no manejo de variedades sensíveis a problemas e necessitam de um maior cuidado na fase de germinação e emergência. Deste modo, objetivou – se com o trabalho testar diferentes substratos no desenvolvimento de mudas de alface, verificando as características ótimas para transplantio.

Biografia do Autor

Paulo Nogueira Barros, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano - IF SERTÃO-PE. Câmpus Petrolina Zona Rural

Tecnólogo em Fruticultura Irrigada (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sertão Pernambucano - IF SERTÃO-PE, 2010). Mestre em Proteção de Plantas; Fitopatologia, Entomologia e Plantas Daninhas; (Universidade Federal de Alagoas - UFAL, 2013). Desenvolve projetos nas áreas de Fitopatologia com ênfase na identificação de substâncias em vegetais e microrganismos com potencial elicitor, utilizados no controle de fitopatógenos em pós-colheita de frutas e hortaliças e manejo agroecológico de fruteiras.

Silver Jonas Alves Farfan, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano - IF SERTÃO-PE. Câmpus Petrolina Zona Rural

Brasiliense, possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (1997), mestre em agronomia, área de concentração horticultura irrigada pela Universidade do Estado da Bahia - UNEB em Juazeiro - BA (2008). Atua há 18 anos com comunidades de agricultores familiares tradicionais no semiárido com os temas agroecologia e segurança alimentar. Foi professor no curso de agronomia na UNEB em Juazeiro-BA e atualmente é professor D.E. no IF SERTÃO-PE no curso de Agronomia e Técnico em Agropecuária. Tem experiência com agricultura familiar rural e urbana, assentamentos da reforma agrária e comunidades indígenas, assessorando governos e sociedade civil organizada na elaboração e execução de diagnósticos e projetos de desenvolvimento comunitário e territorial. Desenvolve pesquisas com horticultura, meliponicultura e fundos de pasto.

Maria Gracilda Pereira Santos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano - IF SERTÃO-PE. Câmpus Petrolina Zona Rural

Maria Gracilda Pereira dos Santos Cursando Nível Técnico em Agricultura no Instituto Federal Campus Petrolina Zona Rural, Pernambuco, Brasil Cursos de Qualificação: Seminário de Integração, Culminância e Avaliação do Projeto de Capacitação e Formação de Mulheres Assentadas e Acampadas do Estado da Bahia Duração: 24 horas, entre 05 e 07 de Dezembro de 2014 Encontro de Produtores da Agricultura Natural e II Simpósio Agroecológico no Centro de Convenções de Salvador, Bahia Duração: 24 horas, nos dias 21, 22 e 23 de Outubro de 2014 Assistente de Planejamento e Controle de Produção do PRONATEC, ministrado pelo SEST SENAT Petrolina / PE Duração 160 horas, de 17 de Fevereiro a 16 de Abril de 2014 Capacitação para Fortalecimento do Manejo Florestal de Uso Múltiplo na Caatinga no Instituto Federal Campus Petrolina / PE Duração: 48 horas, de 18 a 23 de Novembro de 2013.

Italo Ramon Cavalcantes Carvalho, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano - IF SERTÃO-PE. Câmpus Petrolina Zona Rural

Estudante/concluinte do Instituto Federal Sertão Pernambucano, campus Petrolina Zona Rural, do Curso Técnico em Zootecnia. Tenho interesse e aptidão à produção animal, no que diz respeito à reprodução, alimentação, bem-estar animal, instalações e pesquisa nas mais diversas culturas de criação disponíveis para o semiárido. Cursando Engenharia Agronômica, na mesma instituição, com aptidão a extensão rural e na busca de conhecimentos e técnicas na formação de Engenharia Agronômica.

Marcos Xavier Silva, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano - IF SERTÃO-PE. Câmpus Petrolina Zona Rural

Graduando em Engenharia Agronômica, bolsista do CVT Agroecologia.

Referências

SILVA, F. DE A. S. E. & AZEVEDO, C. A. V. de. Principal Components Analysis in the Software Assistat-Statistical Attendance. In: WORLD CONGRESS ON COMPUTERS IN AGRICULTURE, 7, Reno-NV-USA: American Society of Agricultural and Biological Engineers, 2009.

SILVA, E.A. da; MENDONÇA, V.; TOSTA, M. da S.; OLIVEIRA, A.C. de; REIS, L.L. dos; BARDIVIESSO, D.M. Germinação da semente e produção de mudas de cultivares de alface em diferentes substratos. Semina: Ciências Agrárias, Londrina, v. 29, n. 2, p. 245-254, 2008. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/semagrarias/article/view/2810/2390. Acesso em: 21 de Abril de 2015.

RODRIGUES, W.; PINHEIRO, R.; SEVERINO, F.C.; SANTOS, A. dos; LIMA, I. de; TAKANE, R. Efeito de diferentes substratos para produção de mudas de alface americana (Lactuca sativa L.) em bandejas. Cadernos de Agroecologia, Porto Alegre, v. 6, n.2, p.1-5, 2011. Disponível em: <http://www.aba-agroecologia.org.br/ojs2/index.php/cad/article/view/12006/8277>. Acesso em: 10 mar. 2015.

ECHER, M. M.; GUIMARÃES, V.F; ARANDA, A.N; BORTOLAZZO, E.D,; BRAGA,

J.S. Avaliação de mudas de beterraba em função do substrato e do tipo de bandeja.

Semina Ciências Agrárias, Londrina, v. 28, n. 1, p. 45-50, 2007.

MINAMI, K. Produção de mudas de alta qualidade em hortaliças. São Paulo: T.

A. Queiroz, 1995. 129 p.

CABRAL, M.B.G.; SANTOS, G.A.; SANCHEZ, S.B.; LIMA, W.L.; RODRIGUES, W.N.

Avaliação de substratos alternativos para produção de mudas de alface utilizados no

sul do estado do Espírito Santo. Revista Verde, Mossoró, RN, v.5, n.1, p.43-48,

PAIVA, E.P.; MAIA, S.S.S.; CUNHA, C.S.M.; COELHO, M.F.B.; SILVA, F.N. Composição do substrato para o desenvolvimento de mudas de manjericão (Ocimum basilicum L.). Revista Caatinga, Mossoró, v. 24, n. 4, p. 62-67, 2011.

FILGUEIRA, F. A. R. Novo manual de olericultura: Agrotecnologia moderna na produção e comercialização de hortaliças. Viçosa: UFV, 3 ed. 2008, 421p.

Downloads

Publicado

2016-05-15

Edição

Seção

IX CBA 3. Sistemas de Produção Agroecológica.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)