Desenvolvimento Rural Sustentável e Transição Agroecológica: Tipologias de Unidades Produtivas Familiares, na Mesorregião Nordeste do Pará, Amazônia.

Autores

  • Wagner Luiz Nascimento do Nascimento IFPA - CAMPUS CASTANHAL
  • Amanda Rayana da Silva Santos IFPA - CAMPUS CASTANHAL
  • Alciene Oliveira Felizardo IFPA - CAMPUS CASTANHAL
  • Adebaro Alves dos Reis IFPA - CAMPUS CASTANHAL

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo apresentar as tipologias das Unidades de Produção Familiar no município de Tomé Açú, o qual se apresenta, atualmente, como referência em técnicas de manejo sustentável e transição agroecológica, com a implantação Sistemas Agroflorestais e cultivos diversificados, região Nordeste Paraense. A metodologia utilizada foi a pesquisa descritiva e/ou exploratória associada às ferramentas de Diagnóstico Rural Participativo. Assim, verificou-se que, com a diversificação dos agroecossistemas, principalmente, os Sistemas Agroflorestais, permite aos agricultores (as) familiares maior autonomia e menor dependência de insumos externos. E por fim, esses atores sociais, quando questionados sobre as perspectivas das suas unidades produtivas familiares, reafirmam que a ideia é garantir cada vez mais espaços de diversificação para garantir a promoção das famílias, a segurança e soberania alimentar.

Biografia do Autor

Wagner Luiz Nascimento do Nascimento, IFPA - CAMPUS CASTANHAL

Discente de curso de Pós-graduação em Desenvolvimento Rural e Gestão de Empreendimentos Agroalimentares

Amanda Rayana da Silva Santos, IFPA - CAMPUS CASTANHAL

Discente do 9° semestre e Agronomia

Alciene Oliveira Felizardo, IFPA - CAMPUS CASTANHAL

Discente do 9° semestre e Agronomia

Adebaro Alves dos Reis, IFPA - CAMPUS CASTANHAL

Doutorando do curso de Pós-graduação no Núcleo dos Altos Estudos Amazônicos - NAEA/UFPA-Belém

Referências

CAPORAL, F. R.; COSTABEBER, J. A. Agroecologia e desenvolvimento rural sustentável: perspectivas para uma nova Extensão Rural. Agroecologia e Desenvolvimento Rural Sustentável, v.1, n.1, p.16-37, jan./mar. 2000.

CAPORAL, F. R.; COSTABEBER, J. A. Agroecologia e desenvolvimento rural sustentável: perspectivas para uma nova Extensão Rural. Em: ETGES, V. E. (org.). Desenvolvimento rural: potencialidades em questão. Santa Cruz do Sul: EDUSC, 2001. p. 19-52.

DAL SOGLIO, F. K. Desenvolvimento, agricultura e agroecologia: qual a ligação?In: GUERRA, G. A. D.; WAQUIL, P. D. (Organizadores). Desenvolvimento Rural Sustentável no Norte e Sul do Brasil. Belém-PA. Paka-Tatu. p. 197-226. 2013.

KAGEYAMA, A. A. Desenvolvimento Rural: Conceitos e Aplicações ao caso brasileiro. Porto Alegre. Editora da UFRGS. Ed.1. 240p. 2008.

MUTO, R. O Japão na Amazônia: Condicionantes para fixação e mobilização dos imigrantes japoneses (1929-2009). 2010. 341f. Dissertação (Mestrado em Planejamento do Desenvolvimento) – Universidade Federal do Pará, Belém, PA, 2010.

RIBAS, C. C. C. e FONSECA, R. C. V. da.Manual de Metodologia OPET.ed. 1. Curitiba, PR. 2008. 70p.

VAN DER PLOEG, J. D. Rural development: frompracticesand policies towardstheory. Sociologia Ruralis, v. 40. n. 4, p. 391-408, 2000.

VERDEJO, M. E. Diagnóstico rural participativo: guia prático DRP. Brasília: MDA/Secretária de Agricultura Familiar. Ed. 3. 62 p. 2006.

Downloads

Publicado

2016-05-16

Edição

Seção

IX CBA 5. Construção do Conhecimento Agroecológico

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)