Levantamento fitossociológico de plantas espontâneas em sistema de cultivo orgânico Mikania laevigata Sch. Bip. ex Baker

Autores

  • Dayane Graziella Pereira de Oliveira dos Santos Universidade Estadual Paulista "Julio Mesquita Filho", Campus de Botucatu.
  • Ana Paula da Silva Marques Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho", Campus de Botucatu.
  • Lin Chau Ming Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho", Campus de Botucatu.

Resumo

O levantamento fitossociológico objetivou caracterizar o rol de plantas espontâneas em área de cultivo de guaco (Mikania laevigata) na Fazenda Experimental Lageado da Unesp, Campus de Botucatu-SP. Na coleta utilizou-se gabarito de 0,25m², três amostragens por parcela, nas entrelinhas do guaco, totalizando 20 parcelas com 60 subamostras. Os parâmetros fitossociológicos (DeR, FeR, DoR, IVI e IR) apontaram como espécies de maior representatividade Uruchloa decumbens, Richardia brasiliensis, Malvastrum coromandelianum, Sida glaziovii, Alternanthera tenella, Cyperus rotundus. O levantamento das espécies espontâneas torna-se uma ferramenta de compreensão do agroecossitema. Palavras-chave: Plantas medicinais; guaco ; bioindicadores.

Biografia do Autor

Dayane Graziella Pereira de Oliveira dos Santos, Universidade Estadual Paulista "Julio Mesquita Filho", Campus de Botucatu.

Faculdade de Ciências Agronômicas,Departamento de Horticultura, Laboratório de Plantas Medicinais. Área : Técnicas culturais no cultivo de Plantas Medicinais.

Ana Paula da Silva Marques, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho", Campus de Botucatu.

Faculdade de Ciências Agronômicas,Departamento de Horticultura, Laboratório de Plantas Medicinais.

Lin Chau Ming, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho", Campus de Botucatu.

Faculdade de Ciências Agronômicas,Departamento de Horticultura, Laboratório de Plantas Medicinais.

Referências

CONCENÇO, G., TOMAZI, M., CORREIA, I.V.T., SANTOS, S.A., and GALON, L. PHYTOSOCIOLOGICAL SURVEYS: TOOLS FOR WEED SCIENCE? Planta Daninha, Viçosa-MG, v. 31, n. 2, p. 469-482, 2013.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA - EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Sistema brasileiro de classificação de solos. Brasília, SPI/ CNPS, 1999. 412p.

GASPARETTO, J.C.; Campos, F.R.; BUDEL, J.M.; PONTAROLO, R. Mikania glomerata Spreng. e M. laevigata Sch. Bip. ex Baker, Asteraceae: estudos agronômicos, genéticos, morfoanatômicos, químicos, farmacológicos, toxicológicos e uso nos programas de fitoterapia do Brasil. Rev. bras. farmacogn., Curitiba, v.20, n.4, Set. 2010.

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO. Agricultura Ecológica- Princípios Básicos. Rio Grande do Sul, Mar. 2005.

PITELLI, R.A. Estudos fitossociológicos em comunidades infestantes de agroecossistemas. Jornal Conserb.v.1, n.2, p. 1-7, 2000.

PRIMAVESI, A. Agricultura Sustentável: manual do produtor rural. São Paulo: Nobel, 1992.

Köppen, W. 1948. Climatologia: com um estúdio de los climas de la tierra. Climatology. Laboratory of Climatology, New Gersey. 104p.

Downloads

Publicado

2016-05-15

Edição

Seção

IX CBA 3. Sistemas de Produção Agroecológica.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)