Avaliação dos grupos funcionais de insetos atraídos por adubos verdes

Autores

  • João Paulo Capella Ribeiro Santos Universidade Paulista
  • Ciro de Melo Leite Universidade Católica de Brasília
  • Alex Antônio Torres Cortês de Sousa Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia
  • Lucas Machado de Souza Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia
  • Carmen Silva Soares Pires Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia
  • Edison Ryoiti Sujii Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia

Resumo

O objetivo desse estudo foi avaliar a fauna de insetos associados às espécies de plantas crotalária, feijão guandu, milheto e nabo forrageiro usadas como adubos verdes em áreas de produção de hortaliças. Esse estudo foi realizado em quatro propriedades agrícolas no Distrito Federal. Para a avaliação da fauna de insetos foram usados três métodos de amostragem: coleta direta sobre as plantas, armadilhas pitfall, e armadilhas adesivas amarelas. Os insetos coletados foram classificados em nível de família e separados nos seguintes grupos funcionais: herbívoros, inimigos naturais e polinizadores. Em todos os talhões de adubos verdes foram coletados insetos benéficos, evidenciando que essas plantas atraem inimigos naturais e polinizadores e podem favorecer a conservação desses nos ecossistemas agrícolas.

Biografia do Autor

João Paulo Capella Ribeiro Santos, Universidade Paulista

Estudante de graduação em Ciências Biológicas na Universidade Paulista - UNIP, campus de brasília. Estagiou no Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de Brasília - UNB, na área de ecologia com ênfase na conservação das aves endêmicas do cerrado. Estagiando no Laboratório de Ecologia e Biossegurança da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa Cenargem, na área de controle biológico de pragas.

Ciro de Melo Leite, Universidade Católica de Brasília

Graduando em ciências biológicas pela Universidade Católica de Brasília.

Alex Antônio Torres Cortês de Sousa, Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia

Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Fertilidade do Solo, Nutrição de Plantas, Fruticultura, Melhoramento Vegetal, Ecologia, Controle Biológico, Elaboração de Projetos Agropecuários e Assistência Técnica, Crédito Rural, Avaliação de imóveis rurais, Seguro Rural, Análise de projetos agropecuários.

Lucas Machado de Souza, Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Viçosa (2008) com ênfase em Biologia Animal e mestrado em Entomologia pela Universidade Federal de Lavras (2011). É analista de pesquisa em Entomologia pela Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia desde 2010 e responsável pelo Laboratório de Ecologia e Biossegurança. Durante a graduação trabalhou com biologia e controle de formigas cortadeiras e no mestrado com uso de nematóides entomopatogênicos como potencial agente de controle biológico. Pela Embrapa trabalha com Ecologia de Insetos e controle biológico, atuando principalmente nos seguintes temas: controle biológico conservativo, dinâmica populacional de pragas, agrobiodiversidade como provedora de serviços ecológicos e análise de risco ambiental de plantas geneticamente modificadas sobre organismos não-alvo.

Carmen Silva Soares Pires, Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia

Possui graduação em Licenciatura em Biologia pela Universidade Federal de Viçosa (1984), mestrado em Entomologia pela Universidade Federal de Viçosa (1989) e doutorado em Biologia - Northern Arizona University (1998). É pesquisadora da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia desde 1989. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Ecologia de Insetos, atuando principalmente nos seguintes temas: dinâmica de populações, interação planta - inseto praga - inimigos naturais, controle biológico conservativo e polinização em sistemas agroecossistemas. Desde 2003 está envolvida em projetos de análise de risco ambiental de plantas geneticamente modificadas sobre organismos não-alvo (insetos predadores, polinizadores e herbívoros não-alvo).

Edison Ryoiti Sujii, Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia

Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade de Brasília (1981), mestrado em Ecologia pela Universidade Estadual de Campinas (1994) e doutorado em Ecologia pela Universidade Estadual de Campinas e Purdue University (1998). Atualmente é pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária e professor credenciado no Programa de Pós-Graduação em Ecologia da Universidade de Brasilia. Tem experiência na área de Agronomia e Ecologia, com ênfase em Entomologia Agrícola, atuando principalmente nos seguintes temas: biossegurança, controle biológico, ecologia aplicada, dinâmica populacional e manejo de pragas.

Referências

FUJIHARA, R. T., FORTI, L. C., ALMEIDA, M. C., BALDIN, E. L. L. Insetos de importância econômica: guia ilustrado para identificação de famílias. Editora FEPAF. 2011.

HARTERREITEN-SOUZA, É. S., ARAUJO, L. K. P., PINTO, R. A., PIRES, C. S. S., PUJOL-LUZ, J. R.; SUJII, E. R. Influência de práticas agroecológicas locais e da paisagem do entorno na flutuação populacional da mosca-branca Bemisia tabaci no Distrito Federal. Cadernos de Agroecologia – Vol 9, No. 3, 2014.

SANTOS, M. J. G, DUTRA, J. E., SOUZA, A. de., PADOVAN, M. P., MOTTA, I. de S., SOUZA, M. T. de. Ocorrência de insetos em espécies de adubos verdes num sistema sob transição agroecológica, em Dourado, MS. Ver. Bras. de Agroecologia – Vol. 3 – Suplemento especial. 2008.

Downloads

Publicado

2016-05-15

Edição

Seção

IX CBA 3. Sistemas de Produção Agroecológica.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)