Diagnóstico e seleção de unidades produtivas para compor projeto de transição agroecológica – INTEGRADF - da Embrapa

Autores

  • Mariane Carvalho Vidal Embrapa Hortaliças
  • Yago da Silva Pereira
  • Vinícius Teixeira de Freitas

Resumo

Este trabalho apresenta os resultados de diagnóstico e a metodologia utilizada para selecionar experiências de agricultura familiar do Distrito Federal. Em um universo inicial de 26 unidades produtivas consideradas em processo de transição agroecológica, objetivou identificar unidades de referência para condução de atividades de campo e experiências de construção coletiva do conhecimento agroecológico no âmbito do projeto de Pesquisa INTEGRADF, da Embrapa. O projeto tem como foco a Integração de práticas de manejo e diversificação animal e vegetal em unidades de produção de hortaliças e teve como primeira etapa de sua execução a identificação, caracterização e seleção de experiências locais priorizando a tomada de decisões por consenso. A inovação está na inclusão dos atores envolvidos como tomadores de decisão no projeto, desde a escolha das unidades familiares onde serão reforçadas as experiências de transição agroecológica em curso.

Biografia do Autor

Mariane Carvalho Vidal, Embrapa Hortaliças

Pesquisadora Agroecologia e Produção Orgânica de Hortaliças

Referências

Caporal, F. R.; Costabeber, J. A.; Agroecologia: alguns conceitos e princípios. Brasília: MDA/SAF/DATER-IICA; 24p. 2007.

Gliessman, S. R. Agroecología: procesos ecológicos en la agricultura sostenible. CATIE: Turrialba, Costa Rica, 2002.

Downloads

Publicado

2016-05-16

Edição

Seção

IX CBA 5. Construção do Conhecimento Agroecológico

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)