Relato estágio interdisciplinar de vivência em comunidades rurais e assentamentos da reforma agrária no estado do Pará

Autores

  • André Brenner de Alencar Pageú Departamento de Educação UFRPE - Recife/PE
  • Felipe Cordeiro Abreu Departamento de Economia Doméstica –UFRPE-Recife/PE
  • Ohana Alencar Pageú Departamento de Geociências -URCA-CRATO/CE
  • Ewerton Pereira Cunha Departamento de Ciências Florestais - UFRPE/Recife/PE
  • Tarsila Maria Santana de Almeida Departamento de Ciências Florestais - UFRPE/Recife/PE
  • Rosane Suellen Oliveira Departamento de Ciências Florestais - UFRPE/Recife/PE

Resumo

O estágio interdisciplinar de vivência em comunidades rurais e assentamentos da reforma agrária no estado da Pará é uma proposta pedagógica de reflexão e de aprendizado sobre a questão agrária brasileira e as diferenças colocadas entre os projetos de agricultura do agronegócio e os sistemas agrícolas em bases agroecológicas. Promovido em parceria entre movimento estudantil e movimentos sociais, é oferecido aos estudantes de diversas áreas de graduação. A metodologia aplicada baseia-se na Interdisciplinaridade de ação comunitária. Os objetivos gerais do estágio consistem em proporcionar a integração dos estudantes em cenários adversos, nos quais possam reconhecer os atores sociais de transformação destas realidades, além de promover espaços para análise crítica de conjuntura por parte dos estudantes e, a partir daí, serem propositores de ações que possibilitem formar parcerias e assim influenciar nas transformações sociais.

Referências

Comissão Pastoral da Terra. Conflitos do Campo – BRASIL 2005, [coordenação: Antônio Canuto, Cássia Reina da Silva]: CPT Nacional Brasil, Goiânia – GO, 2004. Pg.32.

PETERSEN, P; ROMANO, J.O. Abordagens participativas para o desenvolvimento local. Rio de Janeiro: AS-PTA/Actionaid-Brasil, 1999. 144p.

Downloads

Publicado

2016-05-18

Edição

Seção

IX CBA-Agroecologia / Relatos de Experiências

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)