Resistência à penetração em solo sob diferentes coberturas vegetais

Autores

  • Anderson de Souza Gallo Universidade Federal de São Carlos
  • Nathalia de França Guimarães Universidade Federal de São Carlos
  • Anastacia Fontanetti Universidade Federal de São Carlos
  • Rubismar Stolf Universidade Federal de São Carlos

Resumo

O presente trabalho teve como objetivo avaliar a resistência à penetração em solo sob diferentes coberturas vegetais. O estudo foi conduzido no CCA/UFSCar, Araras, SP. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado, em parcelas subdivididas. As parcelas principais foram constituídas de diferentes sistemas de uso do solo: monocultivo de milho; milho consorciado com guandu-anão; solo em pousio; sistema agroflorestal e vegetação nativa. Nas subparcelas, avaliaram-se duas profundidades de amostragem, sendo 0,0 – 0,25 m e 0,25 – 0,50 m. Para determinação do nível de resistência mecânica do solo à penetração utilizou-se o penetrômetro de impacto, modelo IAA/Planalsucar - Stolf. Os diferentes sistemas de uso do solo e as profundidades influenciam na resistência do solo à penetração. Entre os sistemas avaliados o menor valor de resistência do solo foi encontrado no monocultivo do milho na profundidadede 0,25 - 0,50 m.

Biografia do Autor

Anderson de Souza Gallo, Universidade Federal de São Carlos

Mestrando Programa de Pós Graduação em Agroecologia e Desenvolvimento Rural- CCA- UFSCar, Araras-SP.

Nathalia de França Guimarães, Universidade Federal de São Carlos

Mestrando Programa de Pós Graduação em Agroecologia e Desenvolvimento Rural- CCA- UFSCar, Araras-SP.

Anastacia Fontanetti, Universidade Federal de São Carlos

Departamento de Desenvolvimento Rural/ UFSCar Produção Vegetal

Rubismar Stolf, Universidade Federal de São Carlos

Departamento de Recursos Naturais e Proteção Ambiental- UFSCar Conservação do solo

Referências

BENGHOUGH, A.G.; MULLINS, C.E. Mechanical impedance to root growth: a review of experimental techniques and root growth responses. Journal of Soil Science, v.41, p.341-358, 1990.

BENTOS, A. B.; STOLF, R.; DONATTI, R. N.; GALLO. A. S.; GODOI, S. C. C.; FRANÇA, D. V. C. Influência de diferentes sistemas de manejo sobre a resistência à penetração de um Latossolo vermelho distrófico. Cadernos de Agroecologia, v.9, n.4, p.1-5, 2014.

CAVALCANTE, E. G. S; ALVES, M. C; SOUZA, Z. M; PEREIRA, G. T. Variabilidade espacial de atributos físicos do solo sob diferentes usos e manejo. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.15, n.3, p.237243, 2010.

HAMZA, M.A.; ANDERSON, W.K. Soil compaction in cropping systems: A review of the nature, causes and possible solutions. Soil Tillage Research, v.82, p.121-145, 2005.

LEROY, B.L.M., HERATH, H.M.S.K., SLEUTEL, S., DE NEVE, S., GABRIELS, D., REHEUL, D., MOENS, M. The quality of exogenous organic matter: short-term effects on soil physical properties and soil organic matter fractions. Soil Use Manage, v.24, p.139–147, 2008.

LIMA, H. V.; OLIVEIRA, T. S.; OLIVEIRA, M. M.; MENDONÇA, E. S.; LIMA, P. J. B. F. Indicadores de qualidade do solo em sistemas de cultivo orgânico e convencional no semi- árido cearense. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 31, n. 5, p. 1085-1098, 2007.

PINTO FILHO, J. L. O.; DANTAS, V. B.; PEREIRA, J. O. Suscetibilidade de compactação do solo em diferentes teores de umidade e matéria orgânica. Revista Verde, v.4, n.2, p. 76-84, 2009.

RALISCH, R.; MIRANDA, T. M.; OKUMURA, R. S., BARBOSA, G. M. C.; GUIMARÃES, M. F.; ESCOPEL, F.; BALBINO, L.C. Resistência à penetração de um Latossolo Vermelho Amarelo do Cerrado sob diferentes sistemas de manejo. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 12, n.4, p.36-42, 2008.

SILVA, A. P.; TORMENA, C. A.; FIDALSKI, J.; INHOFF, S. Funções de pedotransferência para as curvas de retenção de água e de resistência do solo à penetração. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.32, p.1-10, 2008.

STOLF, R. Teoria e teste experimental de fórmulas de transformação dos dados de penetrômetro de impacto em resistência do solo, Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.15, p.229-235, 1991.

SMILEY, G. L.; KROSCHEL, J. Temporal change in carbon stocks of cocoa-gliricidiaagroforests in Central Sulawesi, Indonesia.Agroforestry System, v.73, p.219-231, 2008.

TAVARES FILHO, J.; BARBOSA, G.M.; GUIMARÃES, M.F. & FONSECA, I.C.B. Resistência à penetração e desenvolvimento do sistema radicular do milho (Zeamays) sob diferentes sistemas de manejo em um Latossolo Roxo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.25, p.725-730, 2001.

TORMENA, C. A.; FRIEDRICH, R.; PINTRO, J. C.; COSTA, A. C. S.; FIDALSKI, J.Propriedades físicas e taxas de estratificação de carbono orgânico num Latossolo Vermelhoapós dez anos sob dois sistemas de manejo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.28, p.1023-1031, 2004.

USDA, Soil survey manual.Washington, DC, USA, Soil Survey Division Staff, (Handbook, 18).437p. 1993.

Downloads

Publicado

2016-05-15

Edição

Seção

IX CBA 3. Sistemas de Produção Agroecológica.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>