Estágio de intervivência universitária: jovens universitários/as e agricultores/as ampliando as fronteiras do saber sobre campesinato e agroecologia

Autores

  • Maria Virginia de Almeida Aguiar UFRPE, Recife, PE - Brasil
  • José Nunes da Silva UFRPE

Resumo

Este relato apresenta a experiência do Estágio de Intervivência Universitária realizada pelo Núcleo de Agroecologia e Campesinato e a Licenciatura em Ciências Agrícolas da UFRPE em parceria com organizações não-governamentais de extensão rural agroecológica de Pernambuco com o objetivo de propiciar espaços de formação em agroecologia através da intervivência entre jovens universitários/as e jovens camponeses em comunidades rurais e na universidade. Os/as jovens puderam se apropriar de temas relativos a agroecologia e ao campesinato, e refletir sobre temas recorrentes entre “as juventudes” do campo e da cidade como identidade, sexualidade e profissionalização. Também puderam desnaturalizar e desconstruir ideias sobre estes temas.

Biografia do Autor

Maria Virginia de Almeida Aguiar, UFRPE, Recife, PE - Brasil

graduação em Agronomia (1990) e especialização em Educação Ambiental (1994) pela Universidade Federal de Mato Grosso e doutorado em Agroecologia, Sociologia y Desarrollo Rural Sostenible pela Universidade de Córdoba/Espanha (2007), reconhecido pelo Programa de Posgraduação em Desenvolvimento Rural da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2008). Trabalhou ultimamente como consultora - Programas das Nações Unidas para o Desenvolvimento no Brasil e no Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura em projetos voltados para a agricultura familiar vinculados ao Departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ministério do Desenvolvimento Agrário/Secretaria da Agricultura Familiar. Atualmente é professora de Extensão Rural na Universidade Federal Rural de Pernambuco.

José Nunes da Silva, UFRPE

Possui Graduação em Agronomia pela Escola Superior de Agricultura de Mossoró(1998), Mestrado em Extensão Rural pela Universidade Federal de Viçosa (2001) e Doutorado em Sociologia, pela Universidade Federal de Pernambuco (2008). Tem experiência na área de Extensão Rural, Agroecologia e Sociologia, com ênfase em Sociologia Rural e Sociologia da Juventude, atuando principalmente nos seguintes temas: Agricultura Familiar e Campesinato, Reforma Agrária, Assentamentos Rurais, Juventude Rural, Povos Indígenas do nordeste brasileiro e Políticas Públicas para o rural brasileiro.

Referências

AGUIAR, M. V. de A. Educação e Agroecologia - que formação para a sustentabilidade? Revista Agriculturas, v. 7, nº 4, pp. 4-6, dez 2010.

SILVA, J. N. da. Aprendizado em extensão rural para além da sala de aula: a experiência dos estágios de vivência em comunidades rurais. In: TAVARAES DE LIMA, J. R.(Org). Agroecologia e Movimentos Sociais. Recife: Editora Bagaço, 2011. P:208-222.

UFRPE. Plano de desenvolvimento institucional - UFRPE 2013-2020. Recife, 2012.

Downloads

Publicado

2016-05-18

Edição

Seção

IX CBA-Agroecologia / Relatos de Experiências

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>