MAISHA – Capacitação e inserção laboral de mulheres em risco de exclusão através da agroecologia e da economia social

Autores

  • Bianca Pinto Mendes Universidade Federal de Santa Maria/ Mestranda
  • Rodrigo Faccin Universidade Federal de Santa Maria/ Mestrando

Resumo

A atual discussão sobre gênero e agroecologia engloba enfoques políticos e práticas sociais diversificadas que se desenvolvem a partir da complexidade da nossa realidade social, política, econômica e cultural. A questão tem ganhado grande projeção política nos últimos tempos por referenciar ações de diversos sujeitos políticos da sociedade ligados aos meios urbano e rural. Nesse sentindo o projeto MAISHA atua desde meados de 2013 na capacitação e inserção laboral de mulheres em risco de exclusão através da agroecologia e da economia social. O presente trabalho traz a análise parcial dos reais impactos do projeto, o qual se encontra em andamento na horta ecológica da Universidade de Córdoba, Espanha, no modo de vida e ingressos dessas mulheres. Devido ao pouco tempo de atuação do projeto, foi possível constatar que o mesmo não gerou grandes impactos econômicos na vida dessas mulheres, porém, o ambiente de constante aprendizagem é a principal motivação para que sigam ativas no projeto.

Biografia do Autor

Bianca Pinto Mendes, Universidade Federal de Santa Maria/ Mestranda

Ciências rurais, extensão rural

Rodrigo Faccin, Universidade Federal de Santa Maria/ Mestrando

Ciências rurais, extensão rural

Downloads

Publicado

2016-05-18

Edição

Seção

IX CBA-Agroecologia / Relatos de Experiências

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)