Diálogos de práticas sociais para construção do conhecimento agroecológico entre agricultores familiares e os Projetos Tipitamba e Raízes da Terra, Igarapé-Açu, Pará.

Autores

  • Josiele Pantoja Andrade Programa de Pós-Graduação em Agriculturas Amazônicas, Núcleo de Ciências Agrárias e Desenvolvimento Rural, Universidade Federal do Pará
  • Osvaldo Ryohei Kato Embrapa Amazônia Oriental
  • Lucilda Maria Sousa de Matos Embrapa Amazônia Oreintal
  • Célia Maria Braga Calandrini de Azevedo Embrapa Amazônia Oriental

Resumo

Este trabalho tem por objetivo compreender como as práticas sociais contribuem para o processo de transição agroecológica e construção do conhecimento agroecológico. O método utilizado na coleta de dados foi a observação direta, para análise dos dados articulou-se a teoria e empiria. O diálogo de saberes permitiu a identificação, sistematização e compreensão das experiências agroecológicas, as quais contribuem para o processo de transição social agroecológico e construção do conhecimento agroecológico.

Biografia do Autor

Josiele Pantoja Andrade, Programa de Pós-Graduação em Agriculturas Amazônicas, Núcleo de Ciências Agrárias e Desenvolvimento Rural, Universidade Federal do Pará

Engenheira Agrônoma formada pela Universidade Federal Rural da Amazônia (2013), e cursa mestrado em Agriculturas Familiares e Desenvolvimento Sustentável pelo Programa de Pós-Graduação em Agriculturas Amazônicas da Universidade Federal do Pará e Embrapa Amazônia Oriental. Tem experiência nas áreas de Sociologia Rural e Agroecologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Extensão Rural, Organização Social, Pesquisa Participativa e Trabalho. Suas pesquisas são desenvolvidas com agricultores familiares em comunidades do nordeste paraense.

Osvaldo Ryohei Kato, Embrapa Amazônia Oriental

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal Rural da Amazônia (1978) , mestrado em Agronomia (Fitotecnia) pela Universidade Federal de Lavras (1987) e doutorado em Agricultura Tropical pela Universitat Goettingen (1998) . Atualmente é Pesquisador A da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Professor orientador em prog. pós-graduação da Universidade Federal do Pará, Professor Orientador de Prog. Pós-Graduação da Universidade Federal Rural da Amazônia e do Centro de Pesquisa Agropecuária dos Cerrados - Embrapa Cerrados. Tem experiência na área de Agronomia , com ênfase em Ciência do Solo. Atuando principalmente nos seguintes temas: Slash-and-burn, Slash-and-mulch, Fire-free land preparation, Nitrogen dynamics, Eastern Amazon e Crop perfomance.

Lucilda Maria Sousa de Matos, Embrapa Amazônia Oreintal

Graduada em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Pará (1991). Especialização em Administração de Bibliotecas pela Universidade Federal do Pará (1995). Mestre em Agricultura Familiar e Desenvolvimento Sustentável pela Universidade Federal do Pará (2005). Atualmente é assistente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa. Tem experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em técnicas de recuperação de informação. Atua nos seguintes temas: gestão e melhoria de processos, gestão do conhecimento, divulgação da ciência, comunicação da ciência, estudo de usuário.

Célia Maria Braga Calandrini de Azevedo, Embrapa Amazônia Oriental

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal Rural da Amazônia (1991), mestrado em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Pará (1999) e doutorado pela Universidade Federal Rural da Amazônia (2007). Atualmente é pesquisadora da Embrapa Amazônia Oriental na área de Sistemas Agropastoris. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Sistemas Agroflorestais (SAFs), atuando principalmente nos seguintes temas: sistema de produção, agricultura familiar, manejo de pastagem e sistemas agrossilvipastoris.

Referências

BEAUD, Stéphane; WEBER, Florence F. Observar. In:_______. Guia para a pesquisa de campo: produzir e analisar dados etnográficos. Petrópolis: Vozes, 2007, p. 119-150. Tradução de Sérgio Joaquim de Almeida.

CALLE CALLADO, A.; VARA SÁNCHEZ, I.; CUELLAR PADILLA, M. La transición social agrecológica. In: CUELLAR, M.; A.; CALLE, A.; GALLAR, D. (Eds.) Procesos hacia la soberanía alimentaria - perspectivas y prácticas desde la agroecología política. Barcelona: Icaria, 2012.

CASADO, G. G.; SEVILLA-GUZMÁN, E.; MOLINA, M. G. Introducción a la agroecología como desarrollo rural sostenible. Madrid: Mundi-Prensa, 2000.

DEMO, P. Metodologia científica em ciências sociais, 2. Ed. São Paulo: Atlas, 1989.

GLIESSMAN, S. R.; ROSADO-MAY, F. J.; GUADARRAMA-ZUGASTI, C.; JEDLICKA, J.; COHN, A.; MÉNDEZ, V. E.; JAFFE, R. Agroecología: promoviendo una transición hacia la sostenibilidad. Revista Ecosisstemas, v. 16, n. 1, 2007.

KUMMER, L. Metodologia participativa no meio rural: uma visão interdisciplinar - conceitos, ferramentas e vivências. Salvador, BA: GTZ, 2007. 155 p.

MOREIRA, R. M.; CARMO, M. S. Agroecologia na construção do desenvolvimento rural sustentável. Agric., v. 51, n. 2, p. 37-56, jul./dez. 2004.

OLIVEIRA, Roberto Cardoso de. O trabalho do antropólogo. Brasília: Paralelo 15; São Paulo: Editora UNESP, 2000. p. 75-35.

SÁ, T. D. A.; SILVA, R. O. Para além do interdisciplinar: a agroecologia como uma perspectiva transdisciplinar para a agricultura na Amazônia. In: VIEIRA, I. C.G.; TOLEDO, P. M.; SANTOS JÚNIOR, R. A. O. (Orgs.) Ambiente e sociedade na Amazônia: uma abordagem interdisciplinar. Rio de Janeiro: Garamond, 2014.

SOGLIO, F, K,D. Desenvolvimento rural sustentável do Norte e Sul do Brasil: desenvolvimento, agricultura e agroecologia: qual a ligação?. In GUERRA, G. A. D; WAQUIL, P. D.. Belém: Editora Paka Tatu, 2013. p.197-225.

Downloads

Publicado

2016-05-16

Edição

Seção

IX CBA 5. Construção do Conhecimento Agroecológico

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>