Caracterização dos sistemas de produção agrícola da comunidade nossa senhora do guadalupe, Alta Floresta – Mato Grosso

Autores

  • Marcos José Gomes Pessoa Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
  • Luana Della Giustina Universidade do Estado do Mato Grosso - UNEMAT
  • Isabelle Bonini Universidade do Estado do Mato Grosso - UNEMAT
  • Priscila Fernanda Simioni Universidade do Estado do Mato Grosso - UNEMAT
  • Ivone Vieira da Silva Universidade do Estado do Mato Grosso - UNEMAT

Resumo

Nas últimas décadas os sistemas produtivos agroecológicos vêm ganhando espaço no mercado, realizados quase que exclusivamente pela agricultura familiar. O presente estudo buscou caracterizar os sistemas de produção da Comunidade Nossa Senhora do Guadalupe, Alta Floresta- MT, e descobrir modelos sustentáveis que buscam obter uma produção agrícola de baixo custo para atender as necessidades locais e com poucos impactos ao meio ambiente. Para isto, entrevistamos dez agricultores e constatamos os seguintes sistemas de produção: Sistema de Plantio Direto (SPD); Rotação de culturas; Sistemas Agroflorestais (SAFs), Sistema de Plantio Mandala e a Agricultura Familiar, como modelos sustentáveis na produção de alimentos produzidos por meio de sistemas agroecológicos para fins de sustento familiar, contribuindo de forma direta na qualidade de vida e na manutenção da agrobiodiversidade desses espaços.

Biografia do Autor

Marcos José Gomes Pessoa, Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

Biólogo - Mestre em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos.

Luana Della Giustina, Universidade do Estado do Mato Grosso - UNEMAT

Bióloga - Mestre em Genética e Melhoramento Vegetal.

Isabelle Bonini, Universidade do Estado do Mato Grosso - UNEMAT

Bióloga - Doutoranda em Ecologia e Conservação

Priscila Fernanda Simioni, Universidade do Estado do Mato Grosso - UNEMAT

Bióloga - Mestranda em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos.

Ivone Vieira da Silva, Universidade do Estado do Mato Grosso - UNEMAT

Bióloga. Prof. Doutora em Biologia Vegetal.

Referências

ALTIERI, M. A. Agroecologia: a dinâmica produtiva da agricultura sustentável. 4 ed. Porto Alegre: UFRGS, 2004. 120p.

BONINI, I. PESSOA, M.J.G. SEABRA JUNIOR, S. Faces da produção agrícola na Amazônia Mato-grossense: tipos de exploração, origem dos agricultores e impactos na conservação ambiental em Alta Floresta (MT). Revista Novos Cadernos NAEA, v.16, n.1, p.173-190. 2013.

BRITO, M.A.; COELHO, M.F.B. Os quintais agroflorestais em regiões tropicais-unidades auto sustentáveis. Revista Agricultura Tropical, v. 1, n.4, p. 7-38, 2000.

CAPORAL, F. R.; COSTABEBER, J. A. Agroecologia: enfoque científico e estratégico. Revista Agroecologia e Desenvolvimento Rural Sustentável, v.3, n. 2, p. 36-51, abr/jun, 2002.

COSTA, R. V. Percepção ambiental de pescadores do Rio Teles Pires Em Alta Floresta - MT: um diálogo com a Educação Ambiental. 2009. 112 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Universidade do Estado de Mato Grosso, Cáceres/MT, 2009.

SANTOS, J.L. dos; SILVA, M.F. da; PEREIRA, H. dos S. Uso e diversidade de espécies cultivadas na Reserva Desenvolvimento Sustentável do Tupé, Manaus, Amazonas, Brasil. Manaus: INPA, 2009. 18p.

WINKLERPRINS, A.M.G.A. House-lot gardens in Santarém, Pará, Brazil: linking rural with urban. Urban Ecosystems v. 6, p. 43-65, 2002.

Downloads

Publicado

2016-05-16

Edição

Seção

IX CBA 5. Construção do Conhecimento Agroecológico

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)