Limites e Potencialidades do Programa Banco Comunitário de Sementes de Adubos Verdes no Estado do Rio de Janeiro

Autores

  • Jenifer Cristine Medeiros Convênio Universidade Federal de Santa Maria/UFSM e Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária/INCRA
  • Ana Cristina Siewert Garofolo EMBRAPA - Agroecologia
  • Crsithiane Oliveira da Graça Amâncio EMBRAPA - Agroecologia

Resumo

O Programa Banco Comunitário de Sementes de Adubos Verdes - BCSAV, surgiu em 2007 como uma iniciativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). O programa tinha o propósito de suprir duas demandas importantes: a baixa utilização da técnica de adubação verde e pouca disponibilidade de recurso genético apropriado à agricultura agroecológica e orgânica. Na Associação Agroecológica de Teresópolis-AAT foi formado um banco comunitário de sementes e trinta e um bancos familiares. A proposta desse trabalho foi analisar os limites e potencialidade do programa BCSAV como fomentador da agroecologia no Estado. Diante das análises e pesquisa de campo, é possível afirmar, que apesar das dificuldades que o programa enfrentou, este contribuiu positivamente para a independência dos agricultores quanto às sementes e a promoção da agroecologia.

Biografia do Autor

Jenifer Cristine Medeiros, Convênio Universidade Federal de Santa Maria/UFSM e Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária/INCRA

profissional da extensão rural, experiência em metodologias participativas e agroecologia

Ana Cristina Siewert Garofolo, EMBRAPA - Agroecologia

Chefe Adjunto de Transferência de Tecnologias Pesquisadora de Planejamento e Desenvolvimento Rural Sustentável Embrapa Agrobiologia Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa)

Crsithiane Oliveira da Graça Amâncio, EMBRAPA - Agroecologia

Pesquisadora em Sociologia e Desenvolvimento Rural Embrapa Agrobiologia Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa Seropédica/RJ

Referências

MAPA. Ministério Da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Projeto Básico Bancos Comunitários de Sementes. 2012

NASCIMENTO, J.M.do; EHRICH, I. de O.; MOREIRA, E. “Os bancos de sementes comunitários como uma experiência alternativa de resistência ao capital”. Okara: geografia em debate, v.6, n°2. João Pessoa/PB: 2012.

Downloads

Publicado

2016-05-16

Edição

Seção

IX CBA 6. Políticas Públicas.