Manejo de variedades tradicionais de mandioca (Manihot sculenta CRANTZ) por comunidades tradicionais da região do Baixo Amazonas

Autores

  • Augusto Cruz de Meirelles Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
  • José Nestor de Paula Lourenço Embrapa Amazônia Ocidental
  • Francisneide de Sousa Lourenço Instituto Federal do Amazonas
  • Adinã de Oliveira Matos Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
  • Roberto Lima da Silva Universidade Estadual do Maranhão

Resumo

Este trabalho teve por objetivo pesquisar as variedades tradicionais de mandioca cultivadas pelos agricultores familiares da região do Andirá, e das praticas de manejo das sementes. Foram utilizadas as metodologias da Pesquisa Qualitativa, e participativa em Agroecologia e do Diagnóstico Rural Participativo para caracterizar os agroecossistemas, como o diálogo semiestruturado, o mapa cognitivo, calendário sazonal, questionários semiestruturados e a caminhada transversal que contribuíram para um entendimento da realidade da comunidade. Uma quantidade significativa de variedades tradicionais de mandioca é manejada pelos agricultores e têm contribuído para a alimentação e geração de renda para as famílias. O cultivo continuado das variedades de mandioca e a troca de sementes entre os agricultores e outras comunidades favorecem a conservação e diversificação do material genético nos agroecossistemas.

Biografia do Autor

Augusto Cruz de Meirelles, Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia

Coordenação de Sociedade, Ambiente e Saúde - CSAS

Referências

CHAMBERS, R.; GUIJT, I. DRP: depois de 5 anos como estamos agora? Quito: Revista Bosques, Árvores e Comunidades Rurais, 1995.

ZIEMBOWICZ, J.A. et al. Sementes crioulas: segurança alimentar pela diversidade. In: II Congresso Brasileiro de Agroecologia. Revista Brasileira de Agroecologia, v. 2, n. 1, p.1073-1077, 2007.

SANTOS, D.M.M. Revolução Verde. Disciplina de fisiologia vegetal. Jaboticabal: UNESP, 2006.

DIEGUES, A.C. Biodiversidade e Comunidades Tradicionais no Brasil. São Paulo: NUPAUB-USP-PROBIO-MMA-CNPQ, 1999.

Downloads

Publicado

2016-05-16

Edição

Seção

IX CBA 5. Construção do Conhecimento Agroecológico

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>