Terra e trabalho em sistemas intensivos de produção orgânica de hortaliças

Autores

  • eliane dalmora IFS - Campus São cristóvão
  • Dinamarta Virginio Ferreira Curso de Ecologia Universidade federal de Sergipe

Resumo

A estabilidade e a resiliência de um sistema de produção resulta da combinação de fatores que se somam aos objetivos do agricultor em termos de diversificação, integração e produtividade, superando limitações estruturais internas ao sistema. Frente a esta complexidade são muitos os produtores orgânicos que desistem do processo ou prolongam o tempo para a transição agroecológica. O objetivo foi analisar as fragilidades enfrentadas para a transição dos agricultores orgânicos de Lagarto, SE, identificando a influência dos fatores sociais e econômicos na diversificação e integração dos agroecossistemas. Foram aplicadas entrevistas semi-estruturadas e observações participantes caracterizando os sistemas de produção e os indicadores de biodiversidade. Os sistemas com terras diminutas eram restritos na reprodução da lógica campesina, na biodiversidade em culturas e criações o que aumentava a dependência a insumos e uma cadeia de novas instabilidades ecológicas e econômicas se interagem.

Biografia do Autor

eliane dalmora, IFS - Campus São cristóvão

Curso Superior de tecnologia em Agroecologia

Dinamarta Virginio Ferreira, Curso de Ecologia Universidade federal de Sergipe

Tecnóloga em Agroecologia

Referências

ALTIERI, Miguel; NICHOLLS, Clara.. Um método agroecologico para La evaluación de cafetales. In: Manejo integrado de Plagas Y Agroeocologia. Costa Rica. n.64, p.17 -24. 2002.

BOEF, Walter Simon et al (Org.).. Biodiversidade e agricultores: fortalecendo o manejo comunitário. Porto Alegre, Br: L&PM. 2007.

MIGUEL, Lovois de Andrade e MACHADO, João A. D. Indicadores quantitativos para a avaliação da unidade de produção agrícola. In: WAGNER, Saionara A. Gestão e planejamento de unidades de produção agrícola. Porto Alegre: Editora da FRGS, 2010. p.53 -67

CASADO, Glória. G.; MOLINA Manuel G. de; GUZMÁN, Eduardo S. Introducción a la agroecología como desarrollo rural sustenible. Madrid, Espanha: Mundi- Prensa. 1999.

SAUER, Sérgio; BALESTRO, Moisés V. (Orgs.) Agroecologia e os desafios da transição agroecológica. São Paulo: Expressão Popular, 2009.

Downloads

Publicado

2016-05-16

Edição

Seção

IX CBA 5. Construção do Conhecimento Agroecológico

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)