Alterações dos meios de vida de agricultores familiares a partir de redesenho de agroecossistemas no Semiárido cearense

Autores

  • Antonia Marta Sousa Mesquita Universidade Estadual Vale do Acaraú-UEVA
  • Jorge Luis de Sales Farias Embrapa Caprinos e Ovinos
  • Francisco Eden Paiva Fernandes Embrapa Caprinos e Ovinos
  • Cellyneude Olivindo Fernandes Faculdades Luciano Feijão

Palavras-chave:

Agricultura familiar, Desenvolvimento rural, Inovação social, transição agroecológica

Resumo

Este estudo objetivou analisar o redesenho de um agroecossistema e sua repercussão sobre os meios de vida dos agricultores familiares no Semiárido cearense. A pesquisa de natureza qualitativa foi realizada na comunidade Sítio Areias, Sobral, Ceará. A ação do redesenho foi realizada a partir da pesquisa-ação. A análise teórica utilizada foi a Abordagem dos Meios de Vida. Verificou-se na comunidade agroecossistemas em colapso social e ambiental, repercutindo em um processo de desativação dos agricultores em relação a agricultura como atividade. A partir do reconhecimento das condições locais, iniciou um processo de transição agroecológica, por meio do redesenho de agroecossistemas. Esta estratégia possibilitou uma relação harmoniosa entre homem natureza, ampliando as capacidades dos atores sociais e fortalecendo a autonomia dos agricultores familiares.

Biografia do Autor

Antonia Marta Sousa Mesquita, Universidade Estadual Vale do Acaraú-UEVA

Graduando na área de Ciências Agrárias. Departamento de Zootecnia

Jorge Luis de Sales Farias, Embrapa Caprinos e Ovinos

Pesquisador em Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural

Francisco Eden Paiva Fernandes, Embrapa Caprinos e Ovinos

Analista em Transferência de Tecnologia

Cellyneude Olivindo Fernandes, Faculdades Luciano Feijão

Professora em gestão ambiental

Referências

ARAÚJO FILHO. J.A. Manejo Pastoril Sustentável da caatinga. Brasília: Cidade Gráfica e editora Ltda., 2013.

CAPORAL, F.R.; COSTABEBER, J.A.; PAULUS, G. Agroecologia: matriz disciplinar ou novo paradigma para o desenvolvimento rural sustentável. In: CAPORAL, F.R.; AZEVEDO, E.O. Princípios e perspectivas da Agroecologia. Paraná: Instituto de Federal de Educação, Ciência e Tecnologia. p.45-82, 2011.

MINAYO, M.C.S. O desafio do conhecimento e pesquisa: pesquisa qualitativa em saúde. 13.ed. São Paulo: Hucitec. 2013.

PERONDI, M. A. Diversificação dos meios de vida e mercantilização da agricultura familiar. 2007. 239 f. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Rural), Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2007.

Downloads

Publicado

2016-05-16

Edição

Seção

IX CBA 5. Construção do Conhecimento Agroecológico

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)