Avaliação do efeito da sombra de Inga spp. sobre o crescimento do Axonopus spp. em diversos estágios

Autores

  • Karolini Tenffen de Sousa Universidade Federal de Santa Catarina
  • Fabiellen Cristina Pereira Universidade Federal de Santa Catarina
  • Adenor Vicente Wendling Beneficiário de auxílio financeiro da CAPES Universidade Federal de Santa Catarina
  • Luiz Carlos Pinheiro Machado Filho Universidade Federal de Santa Catarina
  • Pedro Pablo Del Pozo Universidad Agraria de La Habama

Palavras-chave:

adaptação, forrageira, grama-missioneira, radiação solar.

Resumo

A implantação de árvores nos sistemas de produção animal a base de pasto traz diversos benefícios no âmbito animal, solo e forrageira. Quando a condição de radiação solar é alterada, as plantas tendem a adaptar-se a essa nova situação e modificam suas estruturas fisiológicas, morfológicas e bromatológica. O objetivo geral deste trabalho foi avaliar o efeito de três níveis de sombreamento (pleno sol, sombra máxima e sombra intermediária) do Inga uruguensis na curva de crescimento e na relação de folhas e talos do Axonopus jesuíticus, através de cortes realizados semanalmente, acompanhamento da altura e radiação solar. O A. jesuíticus apresentou crescimento menor sob efeito da sombra se comparado ao sem efeito de sombreamento.

Biografia do Autor

Karolini Tenffen de Sousa, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduanda em Zootecnia Bolsista de Iniciação Científica CNPq Laboratório de etologia aplicada e bem-estar animal (LETA - UFSC)

Fabiellen Cristina Pereira, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduanda em Zootecnia Bolsista de Iniciação Científica CNPq Laboratório de etologia aplicada e bem-estar animal (LETA - UFSC)

Adenor Vicente Wendling, Beneficiário de auxílio financeiro da CAPES Universidade Federal de Santa Catarina

Beneficiário de auxílio financeiro da CAPES Universidade Federal de Santa Catarina Laboratório de etologia aplicada e bem-estar animal (LETA - UFSC)

Luiz Carlos Pinheiro Machado Filho, Universidade Federal de Santa Catarina

Professor do Departamento de Zootecnia e Desenvolvimento Rural Vice-líder do Laboratório de etologia aplicada e bem-estar animal (LETA - UFSC)

Pedro Pablo Del Pozo, Universidad Agraria de La Habama

Beneficiário do programa Cuba (MÊS) – CNPq, Universidad Agraria de La Habana – Cuba.

Referências

ANDRANDE, N. de; PISSARA, T. C. T. Estratégias para sombreamento de pastagens: estudo de caso. Rev. bras. de Agropecuária Sustentável (RBAS), v.1, n.2, p.85-90, dez. 2011.

CASTRO, C. R. T. de et al. Produção forrageira de gramíneas cultivadas sob luminosidade reduzida. Rev. bras. Zootec., v.28, n.5, p.919-927, 1999.

PACIULLO, D. S. C. et al. Morfofisiologia e valor nutritivo do campim-braquiária sob sombreamento natural e a sol pleno. Pesq. Agrop. Bras., Brasília v.42, n.4, p.573-579, abri. 2007.

SOARES, A. B. et al. Influência da luminosidade no comportamento de onze espécies forrageiras perenes de verão. Rev. bras. zootec., v.38, n.3, p.443-451, 2009.

Downloads

Publicado

2016-05-15

Edição

Seção

IX CBA 3. Sistemas de Produção Agroecológica.