Levantamento da entomofauna de solo associada à adubos verdes

Autores

  • Danúbia Maria da Costa Universidade Federal de São Carlos - Centro de Ciências Agrárias - Campus Araras/SP
  • MariaBernadete Silva Campos
  • Luís Antônio Correia Margarido Universidade Federal de São Carlos - Centro de Ciências Agrárias - Araras/SP
  • Caroline Ribeiro Coelho Universidade Estadual do Maranhão

Resumo

O presente estudo teve como objetivo avaliar o levantamento da entomofauna associada à prática de adubação verde. O experimento foi conduzido no Centro de Ciências Agrárias da UFSCar, Araras-SP, numa área experimental delineada por 12 parcelas, inseridas em quatro blocos ao acaso. Os tratamentos foram compostos por: (T1): Crotalaria (Crotalaria spectabilis); (T2): Crotalaria (Crotalaria spectabilis) e milheto (Pennisetum glaucum) e (T3): Crotalaria (Crotalaria spectabilis), milheto (Pennisetum glaucum) e mucuna-preta (Mucuna aterrima) com semeadura foi à lanço. Os insetos foram coletados quinzenalmente, por meio de armadilhas do tipo “pitfall. Foram coletados um total de 11348 indivíduos em todo o experimento, distribuídos em 8 ordens e 56 famílias entre larvas e ninfas sendo t2 o tratamento que apresentou maior número de indivíduos famílias.

Biografia do Autor

Danúbia Maria da Costa, Universidade Federal de São Carlos - Centro de Ciências Agrárias - Campus Araras/SP

Programa de Pós-Graduação em Agroecologia e Desenvolvimento Rural

MariaBernadete Silva Campos

Departamento de Biotecnologia Vegetal e Animal / DBVA

Luís Antônio Correia Margarido, Universidade Federal de São Carlos - Centro de Ciências Agrárias - Araras/SP

Departamento de Tecnologia Agroindustrial e Sócio Economia Rural / DTAISER

Caroline Ribeiro Coelho, Universidade Estadual do Maranhão

Programa de Pós-Graduação em a Agroecologia

Referências

Referências bibliográficas

ASSAD, M.L.L. Fauna do solo. In: VARGAS, M.A.T.; HUNGRIA, M., (eds). Biologia dos solos dos Cerrados. Planaltina: EMBRAPA-CPAC, 1997. p.363-443.

BARBOSA, O.A.A. Entomofauna de solo em áreas de vegetação nativa e de cultivo de cana-de-açucar no município de União, Piauí. Dissertação. (Mestrado em Agronomia) 2008.53f. Universidade Federal do Piauí. Teresina- PI.

FREITAS, A. V. L.; FRANCINI, R. B.; BROWN JR, K. S. Insetos como indicadores ambientais. In: CULLEN JR., L.; RUDRAN, R.; VALLADARES-PÁDUA, C.. (Eds.) Métodos de estudos em biologia da conservação e manejo da vida Curitiba; UFPR, Fundação: O Boticário de Proteção à Natureza, 2003. p.667.

GIRACCA, E. M. N. et al. Levantamento da meso e macrofauna do solo na microbacia do Arroio Lino, Agudos/RS. R. Bras. Agro e ciência, v.9, n.3, p. 257-261, jul-set, 2003.

LANDGRAF, P. R. C. et al Superação da dormência imposta pela impermeabilidade do tegumento em sementes de mucuna-preta Biosci. J., Uberlândia, v. 26, n. 5, p. 724-731, 2010.

LINDEN, D. R., HENDRIX, P. F., COLEMAN, D. C. Faunal indicators of soil quality. In: Defining Soil Quality for a Sustainable Environment.Madison, SSSA, 1994. p. 91-106. (Special Publication, 35).

PINTO, L.G.F.; CRESTANA, S. Viabilidade do uso da adubação verde nos agroecossistemas da região de São Carlos, SP. R. Bras. Ci. Solo, 22:329-336, 1998.

ZUCCHI, R.A. Chaves para algumas ordens e famílias de insecta. ESALQ. Piracicaba, SP. 26 p, 1999.

Downloads

Publicado

2016-05-15

Edição

Seção

IX CBA 3. Sistemas de Produção Agroecológica.