Do quintal à mesa: construindo Sustentabilidade e Segurança Alimentar e Nutricional com quintais produtivos

Autores

  • Adriella Camila Gabriela F. da S. Furtado da Silva UFPR - Universidade Federal do Paraná
  • Mônica de Caldas Rosa dos Anjos Departamento de Nutrição – UFPR

Resumo

Este trabalho procura promover um diálogo sobre a importância dos quintais produtivos na promoção da Segurança Alimentar e Nutricional, a partir de um levantamento bibliográfico e documental. Estudos têm demonstrado que a manutenção dos quintais produtivos contribui para garantia da Segurança Alimentar e Nutricional, por possibilitar acessibilidade e qualidade alimentar e, por exercer influência sobre o estado nutricional, uma vez que a presença de quintais produtivos contribui para a satisfação de parte das necessidades nutricionais requeridas de uma família, para a diversificação da dieta, além de apresentar outras funções, como alternativa econômica, conservação da diversidade biológica, sociabilidade entre moradores, resgate e preservação da cultura alimentar e autonomia. Neste sentido, se faz necessário considerar a presença dos quintais produtivos como estratégia para garantia da Segurança Alimentar e Nutricional e do Direito Humano à Alimentação Adequada e Saudável.

Biografia do Autor

Adriella Camila Gabriela F. da S. Furtado da Silva, UFPR - Universidade Federal do Paraná

Nutricionista Residente Multiprofissional em Saúde da Família/UFPR

Mônica de Caldas Rosa dos Anjos, Departamento de Nutrição – UFPR

Professora Adjunto do Departamento de Nutrição

Referências

AMARAL, C. N.; GUARIM NETO, G. Os quintais como espaço de conservação e cultivo de alimentos: um estudo na cidade de Rosário Oeste (Mato Grosso, Brasil). Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi Ciências Humanas, Belém, v.3, n.8, 2008.

AMBRÓSIO, L. A.; PERES, F. C.; SALGADO, J. M. Diagnóstico da contribuição dos produtos do quintal na alimentação das famílias rurais: Microbacia D’água F., Vera Cruz. Informações Econômicas, São Paulo, v.26, n.7, 1996.

AMOROZZO, M. C. C. Agricultura tradicional, espaços de resistência e o prazer de plantar. Recife: SBEE, 2002.

BASSO, G. L. L. Hábitos Alimentares dos participantes da horta comunitária urbana no bairro serra alta, município de São Bento do Sul (SC). Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, 2011.

BRITO, M. A.; COELHO, M. F. Os quintais agroflorestais em regiões tropicais – unidades autossustentáveis. Revista Agricultura Tropical, Cuiabá, v.4, n.1, 2000.

CARNEIRO, M. G. R. et al. Quintais produtivos: contribuição à segurança alimentar e ao desenvolvimento sustentável local na perspectiva da agricultura familiar (O caso do assentamento Alegre, município de Quixeramobim/CE. Revista Brasileira de Agroecologia, n.8, v.2, 2013.

GADELHA, E.; MALUF, R. S. Contribuições da produção para autoconsumo no acesso aos alimentos. Revista Democracia Viva, n.39, 2008.

HARWOOD, R. R. Desarrollo de la pequena finca. San José, Costa Rica: IICA, 1986.

KUMAR, B. M.; NAIR, P. K. R. The enigma of tropical homegardens. Agroforestry Systems, n.61, 2004.

LACERDA, V. D. Quintais do Sertão do Ribeirão: agrobiodiversidade sob um enfoque etnobotânico. Monografia (Graduação), Ciências Biológicas, Centro de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2008.

MARCH, R. HERNÁNDEZ, I. El aporte económico del huerto a la alimentación y la generación de ingresos familiares. In: LOK, R. Huertos Caseros Tradicionales de America Central: características, benefícios e importância desde um enfoque multidisciplinario. Costa Rica: Andes, 1998.

MONTEIRO, D.; MENDONÇA, M. M. Quintais na Cidade: a experiência de moradores da periferia do Rio de Janeiro. Revista Agriculturas, n.0, v.1, 2004.

NAIR, P. R. Introduction to Agroforestry. Dordrecht: Kluwer Academic Publishers, 1993.

SEGALL-CORRÊA, A. M.; MARIN-LEON, L. A Segurança Alimentar no Brasil: Proposição e Usos da Escala Brasileira de Medida da Insegurança Alimentar (EBIA) de 2003 a 2009. Segurança Alimentar e Nutricional, Campinas, v.16, n.2, 2009.

Downloads

Publicado

2016-05-16

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)