Efeito dos componentes da calda de piteira (Agave americana) no controle de afídeos (Brevicorynie brassicae) em cultivos de couve (Brassica oleracea)

Autores

  • Adalgisa de Jesus Pereira Universidade Federal de Viçosa
  • Felipe Carvalho Santana Universidade Federal de Viçosa
  • Franklin de Jesus Pereira Universidade Federal de Viçosa
  • Irene Maria Cardoso Universidade Federal de Viçosa

Resumo

O desenvolvimento das técnicas utilizadas por agricultores familiares visam viabilizar e facilitar o trabalho diário. Nesta pesquisa uma prática elaborada e pensada por agricultor foi escolhida para ser testada de forma participativa com objetivo de gerar esclarecimentos na compreensão da prática utilizada por agricultores para construção do conhecimento agroecológico. Entre as pragas mais importantes que atacam as brassicas, está o pulgão, Brevicoryne brassicae que pode ser controlada com calda vegetal. A calda de piteira foi pensada por agricultor como alternativa de controle. O experimento foi composto de seis tratamentos e cinco repetições em blocos casualizados. A porcentagem de pulgões mortos foi maior, aproximadamente 90% nos tratamentos que utilizou piteira e leite, similar quando usou de piteira ou leite aproximadamente 80%. Os tratamentos com piteira e álcool ou apenas álcool diferiram.

Biografia do Autor

Adalgisa de Jesus Pereira, Universidade Federal de Viçosa

Doutoranda em Fitotecnia

Felipe Carvalho Santana, Universidade Federal de Viçosa

Mestrando em Agroecologia

Franklin de Jesus Pereira, Universidade Federal de Viçosa

Graduando em Licenciatura em Educação no Campo

Irene Maria Cardoso, Universidade Federal de Viçosa

Professora na Universidade Federal de Viçosa

Referências

ANDREI, E. Compêndio de defensivos agrícolas. 5. ed. São Paulo, 1996. 506 p.

AZEVEDO A. M.; ANDRADE JÚNIOR V. C.; FERNANDES J. S.C.; PEDROSA CE; VALADARES N.R.; FERREIRA M.A.M.; MARTINS R.A.V. Divergência genética e importância de caracteres morfológicos em genótipos de couve. Horticultura Brasileira. v. 32, p. 48-54. 2014.

BARRETO, A. F. Efeitos do emprego de sucos de agave no tratamento de sementes, controle do ácaro rajado (Tetranychus urticae) e fitotóxidade em algodoeiro (Gossypium hirsutum L). 71f. Dissertação. Universidade Federal da Paraíba. Areia. 2003.

GERGEN, K. G. Le constructionisme social. Une introduction. Lonay; Paris: Delachaux & Niestlé, 2001. (Original em inglês: Thousand Oaks, Sage, 1999).

ÍÑIGUEZ, L. Construcionismo social. In: MARTINS, J. B. (org.) Temas em Análise Institucional e em Construtivismo Social. São Carlos: Rima; Curitiba: Fundação Araucária, p. 97-156, 2002.

LORENZI, H.; SOUZA, H. M. Plantas Ornamentais no Brasil. 3. ed. Nova Odessa: Instituto Plantarum, 2001, 1088 p.

SILVA, R. A.; MICHELOTTO, M. D.; JORDÃO, A. L. Levantamento Preliminar de Pulgões no Estado do Amapá. Circular Técnica, Embrapa. Macapá. Nov. 2004. 11 p.

WEINGÄRTNER, M. A.; SCHIAVON, A. C. F.; PERERA, A. F. Práticas ecológicas. Caldas e Biofertilizantes. Embrapa Clima Temperado. Pelotas. 2006.

Downloads

Publicado

2016-05-16

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 6 > >>