Percepção dos alunos do 3º ano do ensino médio de escolas pública e privada sobre o curso de agroecologia no IFPB campus Picuí

Autores

  • Sebastiana Joelma de Azevedo Santos Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba Campus Picuí
  • Vanessa da Costa Santos Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba Campus Picuí
  • Maria Jamielma Estrela dos Santos Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba Campus Picuí
  • Cynthia de Lima Campos Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba Campus Picuí
  • José Lucínio de Oliveira Freire Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba Campus Picuí

Palavras-chave:

Divulgação, conhecimento, práticas agroecológicas, educação.

Resumo

Os cursos de agroecologia têm crescido nos últimos anos e sua introdução nas instituições de ensino se deu, a partir dos anos 2000. Desde então, diversos cursos são criados anualmente. No entanto, são poucos e dispersos os estudos que realizam uma análise quantitativa sistematizada sobre o ensino da agroecologia no Brasil. O presente trabalho foi realizado com estudantes do terceiro ano médio de escolas pública e privada no município de Picuí e Pedra Lavrada, ambas localizadas no Estado da Paraíba, com o intuito de divulgação do Curso Superior de Tecnologia em Agroecologia. Foram aplicados 76 questionários, contendo 25 questões cada. Em resposta aos questionários a maioria dos alunos enfatizaram conhecer e realizar práticas agroecológicas, mas não têm interesse em cursar o curso em pauta. Os dados coletados foram analisados compondo médias em porcentagem para discussão da atual situação.

Biografia do Autor

Sebastiana Joelma de Azevedo Santos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba Campus Picuí

Graduanda do Curso Superior de Tecnologia em Agroecologia

Vanessa da Costa Santos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba Campus Picuí

Graduanda do Curso Superior de Tecnologia em Agroecologia

Maria Jamielma Estrela dos Santos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba Campus Picuí

Graduanda do Curso Superior de Tecnologia em Agroecologia

Cynthia de Lima Campos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba Campus Picuí

Professora Doutora do Curso Superior de Tecnologia em Agroecologia

José Lucínio de Oliveira Freire, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba Campus Picuí

Professor Doutor do Curso Superior de Tecnologia em Agroecologia

Referências

ALTIERI, Miguel. Agroecologia: bases científicas para uma agricultura sustentável. 3. ed. São Paulo: Expressão popular; Rio de Janeiro: AS-PTA, 2012. 400p.

BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Resumo Técnico – Censo Escolar 2010: versão preliminar. Brasília, DF, 2010. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&task=doc_download&gid=7277&Itemid=>. Acesso em: 12 dez. 2014.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Censo 2012. Disponível em:

<http://www.ibge.gov.br/cidadesat/topwindow.htm?1>. Acesso em 12 dez. 2014.

ROCHA, M. S.; MUTIM, L. A. B. Práticas de educação ambiental na agricultura familiar agroecológica no território de Irecê – Bahia. Cadernos de Agroecologia – ISSN 2236-7934 – Vol. 9, nº 3, out, 2014.

Downloads

Publicado

2016-05-16

Edição

Seção

IX CBA 5. Construção do Conhecimento Agroecológico

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)