Biochar de lodo de esgoto: efeitos no desenvolvimento agronômico do rabanete

Autores

  • Alex Antônio Torres Cortês de Sousa Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia
  • Carmen Silvia Soares Pires Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia
  • Cicero Celio de Figueiredo Universidade de Brasília
  • Edison Ryoiti Sujii Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia
  • Lucas Machado de Souza Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar a viabilidade do uso de biochar de lodo de esgoto urbano como fertilizante para o desenvolvimento agronômico do rabanete. O biochar de lodo de esgoto foi produzido através de pirólise a 300 °C. Os parâmetros avaliados no desenvolvimento agronômico da cultura foram: altura de planta, comprimento foliar, massa seca da parte aérea, número de folhas e produtividade. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado com seis tratamentos e quatro repetições. Os tratamentos foram constituídos pelas seguintes doses de biochar: 0 Mg ha-1, 20 Mg ha-1, 40 Mg ha-1, 60 Mg ha-1, 80 Mg ha-1 e 100 Mg ha-1. Para todos os parâmetros avaliados houve incremento em função do aumento da dose, chegando a estabilizar entres as doses 20 e 60 Mg ha-1 e uma leve queda a partir da dose 60 Mg ha-1.

Biografia do Autor

Alex Antônio Torres Cortês de Sousa, Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia

Área de Controle Biológico e Fertilidade do Solo Laboratório de Ecologia e Biossegurança

Carmen Silvia Soares Pires, Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia

Área de Controle Biológico Laboratório de Ecologia e Biossegurança

Cicero Celio de Figueiredo, Universidade de Brasília

Fertilidade do Solo

Edison Ryoiti Sujii, Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia

Área de Controle Biológico Laboratório de Ecologia e Biossegurança

Lucas Machado de Souza, Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia

Área de Controle Biológico Laboratório de Ecologia e Biossegurança

Referências

ADDINSOFT ‘XLSTAT 2013: statistical sofware to MS Excel.’ Addinsoft: New York, 2013.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Resolução n° 375 de 29 de agosto de 2006. Disponível em: HTTP://www.mma.gov.br/conama/. Acesso em: 11 dezembro de 2013.

CHAN, K. Y.; VAN ZWIETEN, L.; MESZAROS, I.; DOWNIE, A.; JOSEPH, S. Agronomic values of greenwaste biochar as a soil amendment. Australian Journal of Soil Research, 45: 629-634, 2007.

COSTA, C. C.; OLIVEIRA, C. D.; SILVA, C. J.; TIMOSSI, P. C.; LEITE, I. C. Crescimento, produtividade e qualidade de raízes de rabanete cultivadas sob diferentes fontes e doses de adubos orgânicos. Horticultura Brasileira, 24: 118-122, 2006.

HOSSAIN, M. K.; STREZOV, V.; CHAN, K. Y.; NELSON, P. F. Agronomic properties of wastewater sludge biochar and bioavailability of metals in production of cherry tomato (Lycopersicon esculentum). Chemosphere, 78: 1167-1171, 2010.

INTERNATIONAL BIOCHAR INITIATIVE. Standardized product definition and product testing guidelines for biochar that is used in soil. 2012. Available at: <http://www.biochar-international.org/sites/default/files/Guidelines_for_Biochar_That_Is_Used_in_Soil_Final.pdf>. Acesso em: 12 de novembro de 2013.

Downloads

Publicado

2016-05-15

Edição

Seção

IX CBA 3. Sistemas de Produção Agroecológica.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)