A Agroecologia na Proposta de Educação do Campo da Escola Municipal São Mateus – Colider, MT

Autores

  • Norma Aparecida de Oliveira Nobre Prefeitura Municipal de Colider - MT
  • Juliana Machado Machado
  • Devani Luzia da Silva Oliveira
  • Manoelito Gomes Aragão

Resumo

O modelo de educação destinado à população na região norte de Mato Grosso pouco contribuiu para que as ações humanas em relação à natureza fossem mais equilibradas e que os recursos naturais fossem melhor compreendidos e aproveitados. O modelo serviu muito mais para propagar o mito do progresso e legitimar, do ponto de vista ideológico, o desenvolvimento predatório proposto e implementado. Neste cenário, o projeto de Educação do Campo e Agroecologia da E.M. São Mateus - Colíder-MT objetiva repensar o modelo de educação e produção de alimentos para a região. A metodologia utilizada é a relação direta das atividades teoria x pratica, os conhecimentos teóricos são vinculados às aulas práticas na escola e, empregadas técnicas agroecológica com impactos reduzidos na natureza. Em um ano de existência o Projeto Educação do Campo e Agroecologia atende 90 estudantes de dez comunidades rurais e, colimou na implantação de seis (06) arranjos metodológicos: arborização com o uso de espécies nativas e exóticas, estudo da flora invasora, produção de adubo orgânico, educação ambiental dos resíduos sólidos, estudo da entamofauna e controle biológico, formação do banco de sementes e produção de mudas. O projeto reflete a necessidade de uma mudança não somente nas técnicas produtivas, mas também na construção de uma educação pensada a partir do campo e para o campo.

Biografia do Autor

Norma Aparecida de Oliveira Nobre, Prefeitura Municipal de Colider - MT

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado de Mato Grosso (1999) e mestrado em Ciências Ambientais pela Universidade do Estado de Mato Grosso (2008). Atualmente trabalha na Prefeitura Municipal de Colíder, na Coordenadoria de Educação Ambiental e Agroecologia/Secretaria Municipal de Educação. Pesquisadora na área de degradação ambiental, efeitos da antropinização nos sistemas naturais. Tem experiência na área de Biologia Geral, Meio Ambiente, Gestão e Educação Ambiental, Gestão de Bacias Hidrográficas, Economia Solidária, Biodiversidade, Movimentos Sociais e Educação do Campo, Agricultura Agroecológica, entre outros.

Juliana Machado Machado

Educadora do Projeto educação do Campo e Agroecologia - Prefeitura Municipal de Colider - MT.

Devani Luzia da Silva Oliveira

Educadora do Projeto educação do Campo e Agroecologia - Prefeitura Municipal de Colider - MT.

Manoelito Gomes Aragão

Educador do Projeto educação do Campo e Agroecologia - Prefeitura Municipal de Colider - MT.

Referências

SOUZA, Murilo M. O. COSTA, Auristela A. SANT´ANNA, Thiago S. SILVA, Fábio J. MORAES, Robson S. BORGES, Elisabeth M. F. SANTOS, Flávio A. COELHO, José B. BUENO, Tobias. SOUZA, Janiel D. XAVIER, Pollyanna. RODRIGUES, Cláudia D. ARAÚJO, Daiane P. KEDNA, Osmarina. Agroecologia e Educação do Campo: pesquisa, ação e reflexão a partir das escolas do campo no município de Goiás-GO. Disponível em: https://serex2012.proec.ufg.br/up/399/o/MURILO_MENDONCA_OLIVEIRA_DE_SOUZA.pdf. Acesso em: 04 de ab. 2015, 18:08.

BOFF, Leonir Amantino. Educação do Campo no Portal da Amazônia: Entrelaçamentos Ético-Político-Estéticos/Leonir Amantino Boff. – 2014. Tese (Doutorado) Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Porto Alegre, BR-RS, 2014.

MELO, Neli Aparecida de. Politicas Territoriais na Amazônia. São Paulo: Annablume, 2006.

NOSELLA, P. Revista da Formação por Alternância. Brasília: CEFFAs Centro Familiares de Formação por Alternância. União Nacional das Escolas Agrícolas do Brasil, ano 2 – n. 4, julho 2007, p. 5-24.

SOUZA, M. I. Migração e rotatividade escolar na área madeireira de Sinop/MT. Dissertação de Mestrado. UFMT: 2001.

Downloads

Publicado

2016-05-18

Edição

Seção

IX CBA-Agroecologia / Relatos de Experiências