Diagnóstico sócio econômico, ambiental e físico conservacionista do assentamento Oziel Pereira Remígio – PB

Autores

  • Gabriela Torres Costa Lima UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA
  • José Emídeo Albuquerque Junior UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE
  • Ismarques da Costa Silva UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAIBA
  • Jeneilson Alves Silva UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA
  • Aldeilo da Silva Reis UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Resumo

Os assentamentos desempenham importante papel no âmbito social, econômico e ambiental. O trabalho teve como objetivo caracterizar e analisar as condições sócio ambientais, econômicas e físico-conservacionistas do assentamento Oziel Pereira em Remígio, PB. Foi utilizado questionários desenvolvidos pelo professor Baracuhy que aborda esses fatores. Os resultados obtidos apontam o baixo nível de escolaridade dos assentados, moradia e alimentação de boa qualidade, carência de assistência técnica e a falta de crédito rural. Assim, notou-se que a produção agrícola local é um fator limitante para o desenvolvimento e isso pode ser explicado pela carência de assistência técnica e falta de credito rural.

Referências

BERGAMASCO, Sonia Maria Pessoa Pereira; NORDER, Luiz Antonio Cabello. O que são assentamentos rurais? São Paulo, Brasiliense, 1996 (coleção Primeiros Passos, 301).

CARVALHO, S. P.; FERREIRA, G. A.; MARIN, J. O. B.; VARGAS, F.; BELO, A. F.C. F.; MENDONÇA, D. C. Reforma agrária: a realidade de um assentamento rural. Campo Território: Revista de Geografia Agrária, Uberlândia, v. 4, n. 8, p. 67-97,2009.

INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFORMA AGRÁRIA – INCRA. Pesquisa confirma que reforma agrária é um instrumento de combate à pobreza. Jornal. Publicação Especial do INCRA, ano 1, no. 2. Dezembro, 2010.

Downloads

Publicado

2016-05-15

Edição

Seção

IX CBA 2. Estratégias de Desenvolvimento Socioeconômico.