Implicações das políticas de incentivo à agricultura familiar no município de Muniz Ferreira/BA

Autores

Resumo

A agricultura é uma atividade que desde muito tempo vem sendo realizada pelo homem, sendo essencial à sua existência. Porém, ainda há um enorme distanciamento entre a agricultura do segmento empresarial e a familiar, principalmente, no que tange às políticas de incentivo. Este trabalho procurou analisar as implicações ocorridas na vida das famílias que realizam a Agricultura Familiar em Muniz Ferreira/Ba após os incentivos públicos. Utilizou-se como metodologia principal a observação direta de campo, uso de instrumentos como a fotografia, entrevista e questionário. Este trabalho justifica-se pelo fato de que até o ano de 2009, não se conhecia nenhum projeto ou iniciativa de valorização da Agricultura familiar no município, sendo este ano supracitado o marco inicial das políticas de créditos e capacitação de agricultores. Notou-se com a pesquisa, a necessidade de maior efetivação das políticas públicas de incentivo agrícola no município no que concerne a valorização da produção local.

Biografia do Autor

Laíse Milena Ribeiro dos Santos, Universidade Federal do Recôncavo Baiano - UFRB

Graduada em Geografia pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB) e Mestranda em Solos e Qualidade dos Ecossistemas pela Universidade Federal do Recôncavo (UFRB).

Jóice Xavier de Sousa, Universidade Federal do Recôncavo

Agroecologia

Referências

´Secretaria de Assuntos Estratégicos. Agricultura Brasileira no século XXI. Brasília: Presidência da Republica, 2009.

IBGE. Censo Agropecuário: Agricultura Familiar primeiros resultados. Rio de Janeiro, 2006.

PRONAF. Programa Nacional da Agricultura Familiar, Disponível em: <http://www.mda.gov.br/saf/index.php?sccid=274&sccant=>. Acesso em: 04 de mai. 2013.

SILVA, J. G. O novo rural brasileiro. Revista Nova Economia, Belo Horizonte, v.7, n.1, p.43-81, 1997.

Downloads

Publicado

2016-05-16

Edição

Seção

IX CBA 6. Políticas Públicas.