Efeito da Terra Preta de Índio na agrobiodiversidade de quintais em comunidades ribeirinhas no rio Madeira, Amazonas, Brasil

Autores

  • Nathalia Bezerra Souza Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
  • André Braga Junqueira Centre for Crop Systems Analysis, Wageningen University and Research Centre
  • Charles Roland Clement Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia

Palavras-chave:

etnobotânica, agrobiodiversidade, solos

Resumo

O presente estudo examinou o efeito do gradiente de fertilidade que existe entre a Terra Preta de Índio (TPI) e os solos adjacentes sobre a agrobiodiversidade de quintais, relacionando a qualidade do solo com a origem geográfica de espécies. Quintais em TPI podem apresentar padrões de agrobiodiversidade diferentes daqueles encontrados em outros tipos de solo. Inventários florísticos foram realizados em 70 quintais (35 em TPI e 35 em outros solos) em sete comunidades ribeirinhas no médio e baixo rio Madeira, Estado do Amazonas, e cada espécie citada foi classificada de acordo com sua origem: nativas da Amazônia, nativas das Américas fora da Amazônia, e do Velho Mundo. As variáveis explicativas que foram testadas nas regressões múltiplas foram: a qualidade do solo, o tamanho e idade dos quintais. Os solos mais férteis (TPI) tendem a ter maior riqueza total de espécies e etnovariedades, principalmente de espécies exóticas. O padrão da agrobiodiversidade difere entre os solos principalmente quando relacionamos a fertilidade com a origem geográfica das espécies. Os quintais em solos de TPI proporcionam condições para o desenvolvimento de um maior número de espécies, principalmente das exóticas do Velho Mundo, que em geral são mais exigentes em nutrientes.

Biografia do Autor

Nathalia Bezerra Souza, Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia

Mestre em botânica pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.

André Braga Junqueira, Centre for Crop Systems Analysis, Wageningen University and Research Centre

Doutorando em Ecologia da Produção e Conservação de Recursos Naturais na Universidade de Wageningen, Holanda.

Charles Roland Clement, Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia

Pesquisador titular do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, e professor colaborador da Universidade Federal do Amazonas e da Universidade Federal de Santa Catarina.

Referências

CLEMENT, C.R. 1492 and the loss of Amazonian crop genetic resources. The relation between domestication and human population decline. Economic Botany, Lawrence, KA, v.53, n.2, p.188-202, 1999.

CLEMENT, C.R.; MCCANN, J.M.; SMITH, N.J.H. Agrobiodiversity in Amazonia and its relationship with Dark Earths. In: LEHMANN, J.; KERN, D.C.; GLASER, B.; WOODS, W. Amazonian Dark Earths: origin, properties, management. Dordrecht: Kluwer Academic Publishers, 2003. Cap 9, p.159–178.

Embrapa. MANUAL de análises químicas de solos, plantas e fertilizantes. Brasília: EMBRAPA Comunicação para Transferência de Tecnologia, 1999. 370 p.

FRASER, J.A.; JUNQUEIRA, A.; KAWA N.; MORAES C.; CLEMENT C.R. Crop diversity on Anthropogenic Dark Earths in Central Amazonia. Human Ecology, New York, N.Y, v.39, n.4, p.395-406, 2011.

KAWA, N.C.; RODRIGUES, D.; CLEMENT C.R. Useful species richness, proportion of exotic species, and market orientation on Amazonian Dark Earths and Oxisols. Economic Botany, New York, N.Y, v. 65, n.2, p.169-177, 2011.

LEÓN, J. Botánica de los cultivos tropicales. 3. ed. San José, Costa Rica: Agroamérica, Instituto Interamericano de Cooperación para la Agricultura, 2000. 522 p.

MCCANN, J.M.; WOODS, W.I.; MEYER, D.W. Organic matter and Anthrosols in Amazonia: interpreting the Amerindian legacy. In: REES, R.M.; BALL, B.C.; CAMPBELL, C.D.; WATSON, C.A. (Eds.). Sustainable management of soil organic matter. Wallingford: CAB International, 2001, cap 3, p.180-189.

SOMBROEK, W.; KERN, D.; RODRIGUES, T.L.; CRAVO, M.S.; JARBAS, T.C.; WOODS, W.; GLASER, B. Terra Preta and Terra Mulata: pre-Columbian Amazon kitchen middens and agricultural fields, their sustainability and their replication. In: 17TH WORLD CONGRESS OF SOIL SCIENCE, 17., 2002, Thailand. Anais. Thailand: WSSS, 2002. p. 1-9.

Downloads

Publicado

2016-05-15

Edição

Seção

IX CBA 3. Sistemas de Produção Agroecológica.