Uso da terra e tipologia familiar na região Nordeste Paraense: subsídios para transição agroecológica

Autores

  • Marcelo Augusto Machado Vasconcelos Universidade Federal Rural da Amazônia
  • Augusto José Silva Pedroso Universidade Federal Rural da Amazônia
  • Luciana da Silva Borges Universidade Federal Rural da Amazônia
  • Luis de Souza Freitas Universidade Federal Rural da Amazônia
  • Osvaldo Ryohei Kato Embrapa Amazônia Oriental

Resumo

O contexto socioeconômico poderá mostrar um novo caminho a ser seguido por futuras políticas públicas as diferentes tipologias familiares. O objetivo deste estudo foi caracterizar o uso da terra e as famílias através de modelagem por meio do SPSS utilizando os testes KMO e o Barlett Test of Sphericity. Os resultados apontam que o TUT_1 tem maior concentração nas atividades de extrativismo, correspondendo a 18,25%; TUT_2 trabalham quase que exclusivamente com culturas anuais apresentando 21,75%; o TUT_3 é considerado diversificados com 12,25%; o TUT_4 apresentam atividades voltadas à venda de sua mão-de-obra apresentando 12,5% e o TUT_5, desenvolvem atividades de criação de gado com 35,25%. As famílias estudadas têm as capoeiras como seu principal recurso natural, utilizando-as como fonte de nutriente para produção de alimentos básicos e renda. Conclui-se que a tipologia possui diferentes estratos socioeconômicos e de recursos naturais, onde se pode constatar a existência de uma importante diversidade de modos de vida e de produção na região.

Biografia do Autor

Marcelo Augusto Machado Vasconcelos, Universidade Federal Rural da Amazônia

Professor Adjunto da Ufra-Paragominas, atua na area de extensao rural, sociologia rural, Safs e Agroecologia

Referências

HAIR, J. F.; ANDERSON; R. E.; TATHAM, R. L.; BLACK, W. C. Multivariate Data Analysis (5th ed.) Upper Seddle River, New Jersey, USA: Prentice-Hall International, Inc. 1998

MATTOS, L. Decisões sobre uso da terra e dos recursos naturais na agricultura familiar amazônica: o caso do PROAMBIENTE. 380 f, 2010. Tese (Doutorado). Campinas: Instituto de Economia, Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), 2010.

HOMMA, A. K. O. Organização da produção e comercialização de produtos agropecuários: o caso da colônia agrícola nipo-brasileira de Tomé-Açu, Pará. In: VILCUHUAMÁN, L. J. M.; RIBASKI, J.; MACHADO, A. M. B (org.). Sistemas agroflorestais e desenvolvimento com proteção ambiental: perspectivas, análise e tendências. Colombo: EMBRAPA Florestas, 2006. p. 51- 77.

Downloads

Publicado

2016-05-16

Edição

Seção

IX CBA 5. Construção do Conhecimento Agroecológico

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>