Do afeto, permanência e valor da terra: um relato experiência

Autores

  • Anny Kariny Feitosa Instituto Federal do Ceará - IFCE/ Univates
  • Marcela Bruxel Univates
  • Jaelbe Jose Sousa de Almeida Univates
  • Lorenzo Zorzi Univates
  • Reinaldo Lucas Cajaiba Univates
  • Margarita Rosa Gaviria Mejía Univates

Resumo

O presente relato tem por objetivo verificar a percepção de uma agroecologista no cuidado com a terra e os elementos que sustentam a relação homem-natureza em uma propriedade rural, situada no distrito de Forqueta, Arroio do Meio, RS. Para tanto, realizou-se uma entrevista semiestruturada, no dia 20 de janeiro de 2015. Da experiência, ficou evidente a relação de “afeto da terra” constituída, em que há predominância da “visão romântica” na relação da agricultora com o produto e o meio ambiente de uma maneira geral; evidenciou-se o alto valor atribuído à terra como patrimônio territorial familiar e o espaço rural envolto de uma relação de respeito e bem-estar social e econômico dos produtores rurais.

Biografia do Autor

Anny Kariny Feitosa, Instituto Federal do Ceará - IFCE/ Univates

Doutoranda em Ambiente e Desenvolvimento, Univates. Mestre em Economia, UFCE. Docente no IFCE.

Marcela Bruxel, Univates

Mestranda em Ambiente e Desenvolvimento.

Jaelbe Jose Sousa de Almeida, Univates

Mestrando em Ambiente e Desenvolvimento.

Lorenzo Zorzi, Univates

Mestrando em Ambiente e Desenvolvimento.

Reinaldo Lucas Cajaiba, Univates

Doutorando em Ambiente e Desenvolvimento.

Margarita Rosa Gaviria Mejía, Univates

Doutora em Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade, UFFRJ. Docente do Programa de Pós-graduação em Ambiente e Desenvolvimento da Univates. margaritarosagaviria@gmail.com

Referências

BARDIN, L. Análise de Conteúdo, trad. Luís Antero Reto, Augusto Pinheiro. São Paulo: Edições 70, 2011.

BRANDÃO, C. R.. O afeto da terra. Campinas, SP: Ed. Unicamp, 2000.

FERNANDES, B. M. Os campos da pesquisa em educação do campo: espaço e território como categorias essenciais. In: MOLINA, M. C. (Org.). Educação do campo e pesquisa: questões para reflexão. Brasília: Ministério do Desenvolvimento Agrário, 2006. p. 27-39.

MEJÍA, M. R. G. Representações sociais do espaço no assentamento de Taquari, Party, RJ. (Tese de doutorado). UFRRJ, 2004.

Downloads

Publicado

2016-05-18

Edição

Seção

IX CBA-Agroecologia / Relatos de Experiências