Diagnóstico de hortas urbanas do município de Piracicaba, e seus entraves para a conversão para o sistema orgânico de produção.

Autores

  • Daniel Oliveira Universidade Federal de São Carlos
  • Carlos Armênio Khatounian Universidade de São Paulo
  • Flávio Bertin Gandara Mendes Universidade de São Paulo

Resumo

A agricultura urbana é uma atividade muito importante no planejamento do município, fornecendo alimentos frescos próximos aos locais de consumo. Esta é realizada em terrenos baldios, cedidos ou próprios; esta atividade teria ainda mais benefícios se fosse trabalhada em sistema orgânico de produção. O objetivo deste trabalho foi realizar um diagnóstico das hortas urbanas instaladas em terrenos não edificados do município de Piracicaba, e levantar o potencial e também os principais entraves para a sua conversão à produção orgânica. Com este propósito foi realizado um roteiro baseado na abordagem sistêmica de agroecossistemas (entradas, saídas, interações e perdas) e levantadas informações quanto a entraves, força de trabalho, comercialização, assistência técnica, número de hortas, área, condição de posse. Entre os principais entraves encontrados para a transição estão espécies invasoras, pragas e doenças; a comercialização não é entrave na produção de hortaliças urbanas em Piracicaba.

Biografia do Autor

Daniel Oliveira, Universidade Federal de São Carlos

Programa de pós-graduação em Ecologia Aplicada, Esalq/CENA

Carlos Armênio Khatounian, Universidade de São Paulo

Professor Doutor no Departamento de Produção vegetal Esalq/USP

Flávio Bertin Gandara Mendes, Universidade de São Paulo

Professor Doutor no Departamento de Biologia Esalq/USP

Downloads

Publicado

2016-05-15

Edição

Seção

IX CBA 3. Sistemas de Produção Agroecológica.