Atributos do solo em diferentes cultivos próximo a nascente do córrego Zé Cassete na sub-bacia hidrográfica do córrego Caeté.

Autores

  • José Carlos de Oliveira Soares Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
  • Célia Alves de Souza Universidade do Estado de Mato Grosso
  • Maria Aparecida Pereira Pierangeli Universidade do Estado de Mato Grosso
  • Evaldo Ferreira Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
  • Josiane São Bernardo Cruz Universidade do Estado de Mato Grosso

Resumo

O estudo objetivou verificar a topografia e alguns atributos do solo no entorno da nascente do córrego Zé Cassete na sub-bacia hidrográfica do córrego Caeté. A declividade verifica no intervalo de 10 metros, com uso de mangueira de nível. utilizando-se da equação d(%) = DN/DH x 100. Todas as determinações relativas à fertilidade do solo foram realizadas conforme o método da Embrapa. As classes de declividade variou de fraca a moderada forte. Os resultados mostraram teores elevados de Ca2+, K+, Mg2+ e baixos teores de Al3+, os mostrando que resultados apresentam diferenciados de acordo com o uso do solo.

Biografia do Autor

José Carlos de Oliveira Soares, Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

Possui graduação em Licenciatura Plena em Geografia pela Universidade do Estado de Mato Grosso (1994). Mestrado em Ciências Ambientais pela Unemat (2009). Doutorado em Geografia pela Universidade Federal Fluminense. É professor Assistente no Departamento de Geografia/Unemat.

Célia Alves de Souza, Universidade do Estado de Mato Grosso

Licenciada e Bacharel em Geografia pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (1993), mestre em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1998) e doutora em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2004). Realizou Pós-Doutorado no Departamento de Solos na Universidade Federal de Viçosa (2006). Professor Adjunta no Departamento de Geografia na Universidade do Estado de Mato Grosso (1994-2014). Atua na área de Hidrogeografia, gestão de bacias hidrográficas e Geografia física. Professora e orientadora no Mestrado Ciências Ambientais - UNEMAT. Vice-Coordenadora do Mestrado em Ciências Ambientais da Universidade do Estado de Mato Grosso. Coordenadora Operacional do Dinter em Geografia entre UNEMAT/UFF. Coordena a Rede ASA - Rede de estudos sociais, ambientais e de tecnologias para o sistema produtivo na região sudoeste de Mato Grosso CNPq/CAPES/FAPEMAT. Compõem a equipe de professores e orientadores do Doutorado em Biotecnologia e Biodiversidade da Rede PRO-CENTRO-OESTE, na Universidade de Brasília DF. Bolsista de Produtividade do CNPq Nível 2

Maria Aparecida Pereira Pierangeli, Universidade do Estado de Mato Grosso

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Lavras (1985), mestrado em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas) pela Universidade Federal de Lavras (1999) e doutorado em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas) pela Universidade Federal de Lavras (2003). Atualmente é professor adjunto da Universidade do Estado do Mato Grosso, editor assistente - Revista Brasileira de Ciência do Solo e consultor científico de diversos periódicos. Tem experiência na área de Agronomia e Ciências Ambientais com ênfase em Química do Solo, atuando principalmente nos seguintes temas: manejo da fertilidade do solo, dinâmica de nutrientes no sistema solo:planta:animal, elementos-traço, poluicao ambiental e recuperação de pastagem degradada. Atualmente tem participado de trabalhos multidisciplinares no curso de Mestrado em Ciências Ambientais da UNEMAT com foco nos seguintes temas: Impacto, monitoramento e contaminação ambiental; e Elementos para a gestão dos recursos hídricos.

Evaldo Ferreira, Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

Possui Bacharelado (1999) e Licenciatura (2000) em Geografia pela Universidade Federal de Uberlândia - UFU, mestrado em Engenharia de Transportes pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2005) e doutorado em Geografia pela Universidade Federal Fluminense - UFF (2014), atualmente é professor do curso de Geografia da Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT e Membro do Conselho Universitário - CONSUNI e do Núcleo Docente Estruturante - NDE do curso de Geografia. Participa dos projetos de pesquisa "Cáceres: capital regional no contexto de Mato Grosso", "Sensoriamento Remoto para diagnóstico à erosão laminar e lineares da sub-bacia hidrográfica do córrego Guanabara, da bacia do Alto Paraguai, no município de Reserva do Cabaçal/MT" e "Processo de Sedimentação e qualidade da água no rio Paraguai no trecho entre a foz do rio Bugres e a Estação Ecológica da Taiamã-MT". Tem experiência na área de Geografia, atua e desenvolve pesquisa na área de Geografia Física, trabalhando também com os seguintes temas: Geografia, Planejamento Urbano e Regional, Planejamento de Transportes e Trânsito, cidades médias e Estatística.

Josiane São Bernardo Cruz, Universidade do Estado de Mato Grosso

Licenciatura em Geografia - Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT (2013); Mestrado em Ciências Ambientais - Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT (em andamento)

Downloads

Publicado

2016-05-15

Edição

Seção

IX CBA 3. Sistemas de Produção Agroecológica.