Qualidade água na confluência dos rios Bugres e Paraguai, Mato Grosso

Autores

  • Josiane São Bernardo Cruz Universidade do Estado de Mato Grosso
  • Célia Alves de Souza Universidade do Estado de Mato Grosso
  • Ernandes Sobreira Oliveira Junior Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT
  • Beatriz Ferraz Bühler Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT.

Resumo

O presente trabalho visa analisar a sedimentação e a qualidade da água na confluência do rio dos Bugres com o rio Paraguai. A pesquisa foi realizada por intermédio da observação da área, coletas de amostras d’água. As amostras de água foram analisadas em laboratório especializado para determinação do índice de qualidade da água. A ocupação dessa área é muito intensa, pois as margens dos rios possuem pequenas faixas de vegetação nativas. Em relação à qualidade da água, algumas variáveis apresentaram valores acima do permitido pela Resolução CONAMA 357/2005, sendo que um dos fatores responsáveis por essa desconformidade pode estar relacionado à urbanização desordenada nas margens dos rios.

Biografia do Autor

Josiane São Bernardo Cruz, Universidade do Estado de Mato Grosso

Licenciatura em Geografia - Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT (2013); Mestrado em Ciências Ambientais - Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT (em andamento)

Célia Alves de Souza, Universidade do Estado de Mato Grosso

Licenciada e Bacharel em Geografia pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (1993), mestre em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1998) e doutora em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2004). Realizou Pós-Doutorado no Departamento de Solos na Universidade Federal de Viçosa (2006). Professor Adjunta no Departamento de Geografia na Universidade do Estado de Mato Grosso (1994-2014). Atua na área de Hidrogeografia, gestão de bacias hidrográficas e Geografia física. Professora e orientadora no Mestrado Ciências Ambientais - UNEMAT. Vice-Coordenadora do Mestrado em Ciências Ambientais da Universidade do Estado de Mato Grosso. Coordenadora Operacional do Dinter em Geografia entre UNEMAT/UFF. Coordena a Rede ASA - Rede de estudos sociais, ambientais e de tecnologias para o sistema produtivo na região sudoeste de Mato Grosso CNPq/CAPES/FAPEMAT. Compõem a equipe de professores e orientadores do Doutorado em Biotecnologia e Biodiversidade da Rede PRO-CENTRO-OESTE, na Universidade de Brasília DF. Bolsista de Produtividade do CNPq Nível 2

Ernandes Sobreira Oliveira Junior, Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT

Possui graduação em Licenciatura Plena em Ciencias Biologicas pela Universidade do Estado de Mato Grosso (2007). É mestre em Ecologia e Conservação da Biodiversidade pela Universidade Federal de Mato Grosso. Tem experiência na área de Ecologia e Limnologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Pantanal, Ambientes aquáticos e Conservação da Biodiversidade.

Beatriz Ferraz Bühler, Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT.

Licenciatura Plena em Ciências Biológicas - Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT (2010); Licenciatura em Química - Instituto Federal do Mato Grosso - UAB (em andamento); Mestrado em Ciências Ambientais - Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT (em andamento).

Downloads

Publicado

2016-05-17

Edição

Seção

IX CBA 8. Biodiversidade e Bens Comuns.