Distribuição espacial de Eschweilera spp. no município do Moju, Pará

Autores

  • Walmer Bruno Rocha Martins Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém
  • Raphael Lobato Prado Neves Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém
  • Iracema Maria Castro Coimbra Cordeiro Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém
  • Lívia Gabrig Turbay Rangel-Vasconcelos Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém
  • Francisco de Assis Oliveira Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém

Palavras-chave:

Amazônia, lecythidaceae, manejo florestal.

Resumo

O objetivo do trabalho foi avaliar a distribuição espacial das espécies de Eschweilera spp. no município de Moju - PA, com a finalidade de contribuir na geração de informações cientificas que auxiliem na conservação dessas espécies. A pesquisa foi desenvolvida em uma área de manejo florestal sustentável da Fazenda Agroecológica São Roque. Os indivíduos do gênero Eschweilera com diâmetro a altura do peito (DAP) ≥ 35 cm das 22 unidades de trabalho (UT) foram analisados através da área basal (G); dominância absoluta e relativa (DoA e DoR); densidade absoluta e relativa (DA e DR), distribuição de diâmetro e de altura. As espécies são abundantes e apresentaram uma distribuição diamétrica do tipo “j” invertido, com maior número de indivíduos nas primeiras classes. A altura predominante variou de 14 a 16 (344 indivíduos) metros, onde 867 são considerados de fuste reto e cilíndrico. Com isso, Eschweilera spp. são espécies que podem ser manejadas com mais frequência nas florestas da Amazônia.

Biografia do Autor

Walmer Bruno Rocha Martins, Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém

Mestrando em Ciências Florestais, Instituto de Ciências Agrárias

Raphael Lobato Prado Neves, Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém

Mestrando em Ciências Florestais, Instituto de Ciências Agrárias

Iracema Maria Castro Coimbra Cordeiro, Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém

Pós doutoranda em Ciências Florestais, Instituto de Ciências Agrárias

Lívia Gabrig Turbay Rangel-Vasconcelos, Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém

Pós doutoranda em Ciências Florestais, Instituto de Ciências Agrárias

Francisco de Assis Oliveira, Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém

Dr. Professor da Universidade Federal Rural da Amazônia, Instituto de Ciências Agrárias

Referências

ASSIS, M. A.; PICCOLO, P. R. Estruturas populacionais de Eschwelera ovata (Cambess.) Miers (Lecythidaceae) submetidas à ação de cortes seletivos. In: SIMPÓSIO DE ECOSSISTEMAS BRASILEIROS, 5, Vitória, 2000. Resumos. Vitória: ACIESP, 2000. p.152.

CARVALHO, M. G.; VELANDIA, J. R.; OLIVEIRA, L. F.; BEZERRA, F. B. Triterpenos isolados de Eschweilera longips miers (Lecythidaceae). Revista Química Nova, v.21, n.6, 1998.

COSTA, D. H. M.; FERREIRA, C. A. P.; SILVA, J. N. M.; LOPES, J. C. A.; CARVALHO, J. O. P. Pontencial madeireiro de floresta densa no município de Moju, Estado do Pará. Belém: Embrapa-CPATU, 1998. 33 p. (Embrapa-CPATU. Documentos, 121).

LANA, M. D.; BRANDÃO, C. F. L. S.; NETTO, S. P.; MARANGON, L. C.; RETSLAFF, F. A. S. Distribuição diamétrica de Escheweilera ovata em um fragmento de floresta ombrófila densa - Igarassu, PE. Revista floresta, v. 43, n. 1, p. 59-68, 2013.

MONTINHO, V. H. P.; COUTO, A. M.; LIMA, J. T.; ÁGUIAR, J. O. R.; NOGUEIRA, M. G. O. Energetic characterization of Matá-Matá wood from the brazilian rainforest (Eschweilera Mart Ex Dc). Revista scientia forestalis, Piracicaba, v. 39, n. 92, p. 457-451, 2011.

PARÁ (Estado). Secretaria de Meio Ambiente. Extração e movimentação de toras de madeira nativa. Belém, 2015. 76 p.

SILVA, S. M. A. S.; SILVA, J. N. M.; BAIMA, A. M. V.; LOBATO, N. M.; THOMPSON, I. S.; COSTA FILHO, P. P. Impacto da exploração madeireira em floresta de terra firme no município de Moju, Estado do Pará. In: SILVA, J. N. M.; CARVALHO, J. O. P.; YARED, J. A. G. (Ed.). A silvicultura na Amazônia Oriental: contribuições do projeto Embrapa/DFID. Belém: Embrapa Amazônia Oriental: DFID, 2001. p. 227-251.

SOUZA, A. L.; SOARES, C. P. B. Florestas nativas: estrutura, dinâmica e manejo. Viçosa: UFV, 2013. 322 p.

STEEGE, H. T.; PITMAN, N. C. A.; PHILLIPS, O. L.; CHAVE, J.; SABATIER, D.; DUQUE, A.; MOLINO, J. F.; PRÉVOST, M. F.; SPICHIGER, R.; CASTELLANOS, H.; HILDEBRAND, P. V.; VÁSQUEZ, R. Continental-scale petterns of canopy tree composition and function across Amazonia. Nature, v. 443, 2006.

Downloads

Publicado

2016-05-17

Edição

Seção

IX CBA 8. Biodiversidade e Bens Comuns.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)