Efeito de cinco níveis de composto bovino no crescimento inicial de mamoneira Gabriela

Autores

  • Murielle Magda Medeiros Dantas Universidade Federal da Paraíba
  • Adailza Guilherme da Silva Universidade Federal da Paraíba
  • Alian Cássio Pereira Cavalcante Universidade Federal da Paraíba

Resumo

Pertencente à família Euphorbiaceae, que engloba um vasto número de espécies nativas da região tropical, a mamona (Ricinus communis L.), a cultura da mamona vem se destacando como uma das mais promissoras entre os pequenos produtores, especialmente no Semi-Árido nordestino. Portanto o objetivo do trabalho foi avaliar os níveis de composto bovino no crescimento inicial da mamoneira Gabriela. O experimento foi realizado no Setor de Agricultura no período de Janeiro a Março de 2015, no Centro de Ciências Humanas, Sociais e Agrárias no município de Bananeiras – PB. O delineamento experimental utilizado foi de blocos casualizados com cinco repetições e cinco níveis de composto bovino (0, 25, 50, 75 e 100%). A semeadura foi colocando duas sementes da variedade de mamona Gabriela em cada vaso. Após sete dias da emergência realizou-se o desbaste deixando uma planta por vaso. As plantas de mamoneiras foram influenciadas positivamente na medida em que os níveis de composto bovino aumentaram, significando que as plantas respondem ao aumento do teor de matéria orgânica ao substrato. O aumento dos níveis de 25 a 100% de composto orgânico no substrato proporciona melhoria de crescimento e índice de clorofila total em plantas de mamona.

Downloads

Publicado

2016-05-15

Edição

Seção

IX CBA 3. Sistemas de Produção Agroecológica.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)