Produção de milho em sistema agroecológico com cama de aves e ureia natural

Autores

  • Cirio Parizotto Epagri
  • Pedro Boff Epagri
  • Paulo Antonio de Souza Gonçalves Epagri
  • Silmar Hemp Epagri

Resumo

A viabilização do cultivo de milho agroecológico está na dependência de variedades rústicas e adaptadas e também de alternativas de fontes de N aos adubos de síntese química. O objetivo da pesquisa foi avaliar o desempenho do milho nas safras de 2013/2014 e 2014/2015, usando o biofertilizante ureia natural como fonte de N. Os adubos verdes de inverno foram fertilizadas com 5 t ha-1 de cama de aves aos 90 dias após implantação. O experimento foi conduzido em blocos ao acaso, com 5 tratamentos e 4 repetições. Os tratamentos utilizados foram: adubos verdes de inverno (AVI) (testemunha); AVI + 2.000 L ha-1 de ureia natural (UN) a 20%; AVI + 4.000 L ha-1 de UN a 20%; AVI + 8.000 L ha-1 de UN a 20%; AVI + 16.000 L ha-1 de UN a 20%. O biofertilizante ureia natural usado em cobertura no milho (estádio V6) não influenciou no rendimento de grãos em área fertilizada com cama de aves. O biofertilizante influenciou a massa de mil grãos em uma das safras estudadas.

Biografia do Autor

Cirio Parizotto, Epagri

Pesquisador Agroecologia

Pedro Boff, Epagri

Pesquisador Agroecologia

Paulo Antonio de Souza Gonçalves, Epagri

Pesquisador Agroecolgia

Silmar Hemp, Epagri

Pesquisador Agroecologia

Downloads

Publicado

2016-05-15

Edição

Seção

IX CBA 3. Sistemas de Produção Agroecológica.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 6 7 8 > >>