ATER para transição agroecológica: uma experiência no Recôncavo da Bahia

Autores

  • Lorena Maria Magalhães Rocha Secretaria de Desenvolvimento Rural da Bahia
  • Irenilda de Souza Lima Universidade Federal Rural de Pernambuco

Resumo

Resumo Resumo Esta pesquisa emergiu através da experiência junto às comunidades rurais participantes do “Programa de Capacitação e Extensão Rural, com Enfoque em Sistemas Agroecológicos de Produção Agrícola no Município de Cruz das Almas (Projeto ATER)”, no Recôncavo da Bahia, e teve como objetivo analisar de que forma as famílias participantes fizeram uso dos conhecimentos agroecológicos adquiridos e/ou construídos durante o projeto. Caracteriza-se como um estudo de caso, onde foram utilizadas ferramentas como entrevistas e observações diretas em campo, além de pesquisa bibliográfica para aprofundamentos teóricos sobre agricultura familiar e agroecologia. O Projeto ATER destacou-se como pioneiro no que tange a inserção de metodologias de assistência técnica e extensão rural voltadas à transição agroecológica nas comunidades rurais envolvidas. Palavras-chave: Agroecologia; Metodologia; Conhecimento.

Biografia do Autor

Lorena Maria Magalhães Rocha, Secretaria de Desenvolvimento Rural da Bahia

Mestra em Extensão Rural e Desenvolvimento Local (UFRPE), especialista em Gestão Ambiental e graduada em Engenharia Agronômica (UFRB). Coordenadora Técnica da Coordenação Executiva de Pesquisa,Inovação e Extensão Tecnológica (CEPEX) da Secretaria de Desenvolvimento Rural da Bahia (SDR).

Irenilda de Souza Lima, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Pós-doutora no INRA - Institut National de la Recherche Agronomique da França, doutora em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo, mestra em Administração Rural e Comunicação Rural (UFRPE) e graduada em Medicina Veterinária e em Licenciatura em Ciências Agrícolas. Professora da Pós-Graduação em Extensão Rural e Desenvolvimento Local (UFRPE).

Downloads

Publicado

2016-05-16

Edição

Seção

IX CBA 6. Políticas Públicas.